Menu
SADER_FULL
sábado, 16 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
DOURADOS

Índios querem a permanência de coordenadora da Funai

28 Jul 2010 - 10h08Por Diário MS

Lideranças indígenas das aldeias Bororó e Jaguapiru, em Dourados, estão defendendo a permanência da antropóloga Maria de Fátima Rosa Vilarinho no cargo de coordenadora regional da Funai (Fundação Nacional do Índio).


Maria de Fátima, que até o ano passado exercia a função de chefe do Serviço de Administração do órgão, assumiu o comando da Funai em janeiro passado, substituindo Margarida de Fátima Nicoletti. Margarida deixou a coordenação regional do órgão após protestos e pressão por parte de lideranças indígenas de todo Conesul do Estado, contrárias ao modelo de gerenciamento que adotado na época.


Informações apuradas pelo Diário MS dão conta que a Funai deve ter uma nova coordenadora em Dourados. O nome mais cotado para assumir o cargo é o da professora de licenciatura indígena da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), Maria Aparecida Mendes de Oliveira. A nomeação da professora é aguardada para os próximos dias.


Neste caso, Maria de Fátima, que é servidora de carreira da Funai, retornaria para o setor administrativo da coordenação regional do órgão. No entanto, algumas lideranças defendem a permanência da antropóloga no cargo, alegando que o modelo de gestão implementado pela atual coordenadora tem surtido efeitos positivos nas aldeias locais.


A atual coordenadora da Funai foi procurada pelo reportagem para se posicionar sobre o assunto. No entanto, servidores locais informaram que Maria de Fátima estava ontem em Amambai, onde participava de uma Aty Guassu (Grande reunião). A professora Maria Aparecida Mendes de Oliveira também foi procurada pelo Diário MS. Entretanto, não atendeu as diversas tentativas de ligação telefônica.

Deixe seu Comentário

Leia Também

OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário
HORARIO DE VERÃO
Atrase seu relógio! Horário de verão termina neste sábado(16)
CARCERE PRIVADO
Mulher é chicoteada com fio elétrico pelo marido
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Lutador de MMA mata ex de 16 anos, tenta suicídio e morre horas depois em hospital
VIOLENCIA NO RIO
Menina de 11 anos é baleada e morta em Triagem; moradores protestam
DOENÇA GRAVE
Leiliane ganha acompanhamento médico após desastre com Boechat