Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 21 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Índios Guarani-Kaiowá se mobilizam para fechar rodovias

10 Mai 2007 - 10h20
 

Caciques de aldeias Guarani-Kaiowá em oito cidades do Sul do Estado estão orientando suas comunidades para uma grande mobilização nesta sexta-feira. Pelo menos 8 mil índios vão bloquear rodovias estaduais e federais em Amambaí, Japorã, Antonio João, Sete Quedas, Eldorado, Iguatemi, Coronel Sapucaia e Aral Moreira. Em todo estado há 30 mil índios da nação Guarani-Kaiowá.

Segundo o cacique Rosalino Ortiz, coordenador da mobilização, as rodovias serão bloqueadas em protesto ao fechamento da administração regional da Funai em Amambai.

Os índios querem a reativação da administração regional, alegando que a medida deixou milhares de famílias inígenas sem assistência. A representação da Funai mais próxima é o núcleo de Dourados, que tem jurisdição sobre outras comunidades e não atende as aldeias na fronteira e Cone-Sul do Estado.

A estratégia a ser adotada pelos índios é bloquear as estradas que passam pelas aldeias, em pontos aleatórios. “O movimento é pacífico, mas quem estiver na rodovia terá que parar”, adverte o cacique Rosalino Ortiz, para quem, só uma posição radical podem chamar a atenção para as graves dificuldades dos índios, que estariam passando fome e não teriam assistência médica adequada.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos