Menu
PASSARELA
quarta, 18 de julho de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Índios fazem funcionário da Funai refém em MG

16 Mar 2007 - 10h34
Um funcionário da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) é mantido refém desde a noite desta quinta-feira por índios da aldeia Pataxós, em Carmésia, a 210 km de Belo Horizonte, no leste de Minas Gerais.
O sociólogo Altino Barbosa Neto, da Funasa de Governador Valadares (MG), foi rendido quando participava de uma reunião na tribo. O cacique Maiara reclama que os índios da região não estão recebendo assistência médica adequada, principalmente, devido ao fato de muitos medicamentos não estarem sendo entregues na aldeia.
O cacique informou que o sociólogo só será liberado depois que a Funasa atender às reivindicações da tribo.
Segundo a prefeitura de Carmésia, os índios não estão utilizando armas ou ferramentas para impedir a saída do sociólogo. Por enquanto, o clima é tranqüilo.
Ainda na manhã desta sexta-feira, uma equipe da Funasa deve chegar à cidade para negociar a liberação do funcionário. Na aldeia Pataxós vivem cerca de 200 índios.
 
 
Terra

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGEDIA
Acidente chocante em Foz: casal morre na hora em batida
NOVELA GLOBAL
Aliada de Laureta, Rosa se vinga do pai e o humilha no restaurante em ‘Segundo sol’
GRANA
Governo antecipa primeira parcela do 13º de aposentados e pensionistas
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Severo é preso e humilha Roberval
FUTEBOL PELO MUNDO
Real Madrid se recusa a permitir que Vinícius Júnior permaneça no Flamengo até o final de 2018
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Luzia descobre que seu filho com Beto não morreu
CONCURSOS - OPORTUNIDADES
Concurso: 13 órgãos abrem as inscrições para 1,9 mil vagas nesta segunda
FOI SALVAR O MELHOR AMIGO
Jovem morre afogado após pular em rio para tentar salvar cachorro
EDUCAÇÃO - FIES - INSCRIÇÕES
Fies abre inscrições nesta segunda com 155 mil vagas para 2º semestre
BOA NOTICIA
Preço da gasolina nas refinarias cai para R$ 1,997