Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 23 de agosto de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Índio decapitado é tio de Cururu que também decapitou dois

16 Set 2004 - 08h47
Assunção Raulio, 52 anos, morto decapitado na aldeia Bororó e jogado num poço, é tio de  Reginaldo Vilhalva, de 19 anos, o Cururu, que matou decapitado dois adolescentes, também moradores na mesma aldeia.

Assunção, assassinado na madrugada de hoje,  foi executado em frente à residência de Milton e Adriane Vilhalba, que são pais de Cururu, que também residia no local.

Cururu está preso na Penitenciária de Segurança Máxima Harry Amorin Costa (PHAC).

RETROSPECTIVA

Na época, o delegado Oduvaldo Pompeu, o Telê, confrontou  o indígena Ari Valdez, de 20 anos, o Caloi, apontado como co-autor e Reginaldo Vilhalva, de 19 anos, o Cururu, apontado como autor dos bárbaros crimes.

Durante a acareação realizada por Telê, Reginaldo continuou negando a execução dos dois adolescentes. Valdez, por sua vez, confessou o crime na frente do acusado, fornecendo riqueza nos detalhes durante as execuções.

Ari protagonizou as circunstâncias durante os crimes, apontando com exatidão, os locais onde as cabeças foram decapitadas. Essa medida foi tomada por Reginaldo para dificultar a identificação das vítimas, disse Ari. Segundo a polícia, Reginaldo jurou o comparsa de morte.

O índio encontrado morto na aldeia Bororó, em Dourados, foi assassinado, decapitado e jogado em um poço de água com cerca de dez metros de profundidade.

A polícia civil e a Perícia estão no local. Ao lado do poço, há uma cadeira com as pernas voltadas para cima, uma blusa e um boné ensanguentados. 

Há sangue por todo o terreno em frente à casa de número 83A onde reside o casal Milton Vilhalba e Adriane. Os dois contam que estavam procurando lenha e que chegaram no início da manhã quando encontraram poças de sangue pelo local onde também há marcas de um objeto cortante, que pode ser facão ou um machado. 

O homem foi morto em frente à casa dos pais de Cururu, que está preso na PHAC. Ele e outro comparsa teriam decapitado dois adolescentes na Aldeia Bororó, em meado deste ano.

 

 

Dourados Agora

Deixe seu Comentário

Leia Também

TURISMO
Curtir a Cidade Maravilhosa com pacotes de viagens baratos
FUTEBOL - PAIXÃO NACIONAL
Uma estrutura confiável para resultados de futebol
POSSE DE ARMA
Posse de arma em toda extensão da fazenda é aprovada e segue para sanção
SUICIDIO OU HOMICIDIO
Advogada criminalista é encontrada morta com tiro na cabeça em sua casa
DENUNCIA GRAVE
Mães denunciam abuso sexuais e agressões em creche
TENTATIVA DE HOMICIDIO
Homem ateia fogo no próprio corpo após esfaquear mulher
NOVELA GLOBAL
Chiclete conta a Vivi a verdade sobre sua vida de matador em 'A dona do pedaço'
DUPLO ASSASSINATO
Vereador e filho foram assassinados dentro de casa
FATALIDADE
Menina de 7 anos é atacada por pitbull e morre na casa dos avós
CRIMINOSO FORAGIDO
Ataque com machadinha deixa alunos e professora feridos em escola