Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 24 de maio de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Índio de MS ganha prêmio Educador Nota 10

14 Mar 2007 - 09h46
O professor indígena Ismael Moreira, morador da aldeia de Amambai, recebeu da Fundação Victor Civita 2006 o prêmio Educador Nota 10. Ele é graduado em Educação Física pela Unigran e também atuou na escola indígena Agustinho, na aldeia Bororó em Dourados.

Ismael é professor da escola Mbo´eroy Guarani/kaiowá e ensina danças guaranis aos seus alunos de 1ª a 4ª série com o objetivo de recuperar antigas tradições indígenas adormecidas. O seu trabalho tenta interromper a trajetória tortuosa de seu povo, confinados em uma área de 3,4 mil metros quadrados por indivíduo onde vivem 7 mil índios que também enfrentam a miséria, o alcoolismo e as drogas.

A dança na perspectiva curricular atual é tema de Educação Física a ser explorado em toda educação básica, conforme explicou o professor Marcelo Barros da Silva, selecionador do prêmio Victor Civita de 2006, em entrevista para a Revista Escola. Ele explica que as coreografias desenvolvem a força, a agilidade e a percepção rítmica.

Recentemente, Ismael foi eleito um dos vencedores do Prêmio Culturas Indígenas promovido pelo Ministério da Cultura e viaja em breve para Brasília para receber o troféu.
 
 
 
Conesulnews

Deixe seu Comentário

Leia Também

CASA BOCA SUJA
morador instala placas com palavrões nos muros de casa
MACABRO
Mulher é encontrada morta ao lado de uma oferenda
AMOR AO PRÓXIMO
Acidentada e abandonada, idosa é adotada por mulher de 30 anos
TRISTEZA
Morre menina que teve o corpo queimado em tentativa de furto em oleoduto, em Duque de Caxias
CONCORRENCIA
Padre Fabio de Mello reclama de Bradesco na internet e é disputado por concorrentes
TRAGEDIA NO CHILE II
Morta com a família no Chile, jovem havia ganhado viagem de presente de 15 anos
MILIONARIO
Aposta de Aramina-SP fatura mais de R$ 11 milhões na Mega-Sena
TRAGÉDIA NO CHILE
Seis brasileiros são achados mortos em apartamento em Santiago, no Chile
BARBÁRIE
Mulher sobrevive a tentativa de feminicídio, mas fica tetraplégica
MAIOR PEDRA DO MUNDO
Homem de 51 anos passa por cirurgia e tem pedra de 1,3 Kg na bexiga