Menu
SADER_FULL
domingo, 19 de agosto de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
DR. SHAPE
Brasil

Índio caiuá confessa duplo assassinato por vingança

16 Jul 2004 - 17h12
 

O índio caiuá Reginaldo Vilhalva, de 24 anos, residente na casa número 51 da aldeia Bororó, na Reserva Indígena de Dourados, acaba de confessar a autoria do crime cometido pela manhã contra Serginho Cabreira, de 15 anos e Silvinha Isnardi, de 16 anos, que foram decapitados hoje cedo no interior da aldeia.

Reginaldo disse ao delegado Telê, titular do 1º Distrito Policial, que ficou sabendo que a mulher dele, Paula, havia mantido relações sexuais com Serginho no último final de semana, e jurou vingança. Hoje cedo, ele encontrou a vítima Serginho, que morava na casa 75, acompanhado de Silvinha, residente na casa 78 da aldeia, e decidiu eliminar os dois.

O indígena está sendo autuado em flagrante pelo duplo assassinato e deverá ser encaminhado para a Penitenciária de Segurança Máxima Harry Amorim Costa. O delegado Telê considera o caso encerrado.

 

 

Dourados News

Deixe seu Comentário

Leia Também

VICENTINA - ALMOÇO NO PESQUEIRO
Confira o cardápio do delicioso almoço neste domingo no Pesqueiro 7 Bello em VICENTINA
CRIME PASSIONAL
Marido flagra esposa com suposto amante e caso termina em morte
NOVELA GLOBAL
Remy pode não ter morrido em 'Segundo sol'; veja os indícios
TECNOLOGIA
Segunda via do RG pode ser solicitada pela internet
BOA AÇÃO
Empresário curado faz doação milionária para hospital público
VIOLENCIA
Homem desce do carro e mata mulher com tiro a queima roupa
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Laureta confessa que matou Remy; Karola foi cúmplice
PRESO EM 2010
Morre o homem apontado como maior contrabandista de cigarros do País
ELEIÇÕES 2018 - REGISTRO FEITO
AGORA: PT registra candidatura de Lula e tem até 17 de setembro para trocar candidato
BRIGA DE FAMILIA
Briga de irmãos termina com faca cravada na cabeça de jovem adolescente