Menu
SADER_FULL
RIO_DOURADOS
Busca
SUCURI_MEGA
Brasil

Índio caiuá confessa duplo assassinato por vingança

16 Jul 2004 - 17h12
 

O índio caiuá Reginaldo Vilhalva, de 24 anos, residente na casa número 51 da aldeia Bororó, na Reserva Indígena de Dourados, acaba de confessar a autoria do crime cometido pela manhã contra Serginho Cabreira, de 15 anos e Silvinha Isnardi, de 16 anos, que foram decapitados hoje cedo no interior da aldeia.

Reginaldo disse ao delegado Telê, titular do 1º Distrito Policial, que ficou sabendo que a mulher dele, Paula, havia mantido relações sexuais com Serginho no último final de semana, e jurou vingança. Hoje cedo, ele encontrou a vítima Serginho, que morava na casa 75, acompanhado de Silvinha, residente na casa 78 da aldeia, e decidiu eliminar os dois.

O indígena está sendo autuado em flagrante pelo duplo assassinato e deverá ser encaminhado para a Penitenciária de Segurança Máxima Harry Amorim Costa. O delegado Telê considera o caso encerrado.

 

 

Dourados News

Deixe seu Comentário

Leia Também

Maniaco Sexual
Homem é preso por abusar sexualmente de menina que queria adotar
Lava Jato
Ministros do STF admitem possibilidade de soltura e candidatura de Lula
Brincadeira Fatal
Tragédia: bebê morre esmagado durante brincadeira com carro da família
Execução
Homem tenta correr, mas é executado no meio da rua
Acerto de Contas
Homens falam que são policiais e matam jovem com 45 tiros
Famosidades
Lívia Andrade abre o jogo e diz que gostaria de ser a Hebe Camargo
Nodulo nos Rins
Thiago Fragoso passa por cirurgia nos rins para retirada de nódulo e se recupera bem
Novela Global
'Outro lado': Adriana e Nicolau se beijam pela primeira vez
O Apocalipse
Natália (Samara Felippo) é beijada por Dylan (Marcelo Valle) e se diverte com o jeito dele
Acerto de Contas
Mulher é assassinada e companheiro é poupado pelos bandidos