Menu
SADER_FULL
segunda, 25 de junho de 2018
PASSARELA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Índio caiuá confessa duplo assassinato por vingança

16 Jul 2004 - 17h12
 

O índio caiuá Reginaldo Vilhalva, de 24 anos, residente na casa número 51 da aldeia Bororó, na Reserva Indígena de Dourados, acaba de confessar a autoria do crime cometido pela manhã contra Serginho Cabreira, de 15 anos e Silvinha Isnardi, de 16 anos, que foram decapitados hoje cedo no interior da aldeia.

Reginaldo disse ao delegado Telê, titular do 1º Distrito Policial, que ficou sabendo que a mulher dele, Paula, havia mantido relações sexuais com Serginho no último final de semana, e jurou vingança. Hoje cedo, ele encontrou a vítima Serginho, que morava na casa 75, acompanhado de Silvinha, residente na casa 78 da aldeia, e decidiu eliminar os dois.

O indígena está sendo autuado em flagrante pelo duplo assassinato e deverá ser encaminhado para a Penitenciária de Segurança Máxima Harry Amorim Costa. O delegado Telê considera o caso encerrado.

 

 

Dourados News

Deixe seu Comentário

Leia Também

ENTRETENIMENTO - SAÚDE
Padre Fábio de Melo sofre da síndrome do pânico e fala como administra a doença
NOVELA GLOBAL
'Segundo Sol': Laureta revela para a família de Rosa que ela é prostituta
GOVENO NÃO CUMPRE
Caminhoneiros anunciam nova paralisação, mas trabalhadores de MS não devem participar
RAIVA HUMANA
Morte de turista por raiva humana é confirmada em Ubatuba
NOVELA GLOBAL
Valentim sofre grave acidente de carro
INACEITAVEL
Mãe de jovem morto no Rio: “É um Estado doente que mata criança com roupa de escola”
HAJA CORAÇÃO
Neymar é o autor do gol mais tardio, em tempo normal, de uma Copa na história
COPA DO MUNDO
No sufoco, Brasil supera a Costa Rica e consegue primeira vitória na Copa do Mundo
NOVELA GLOBAL
Segundo Sol: Rosa coloca fim em relação com Ícaro e ele toma atitude
SAUDE
Mulher dá a luz em calçada no Cajuru