Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 21 de fevereiro de 2020
SADER_FULL
Busca
Brasil

Indígena é morta a facadas por causa de feitiço em Amambai

14 Mar 2007 - 08h16
Uma indígena de 34 anos foi assassinada a facadas por um adolescente também indígena de apenas 15 anos, na tarde de sexta-feira, 9, em Amambai.

O crime aconteceu por volta das 15h na Aldeia Limão Verde a cerca de três quilômetros da cidade e segundo a polícia o autor, que acabou retiro em flagrante por uma equipe da OEFPRI (Operação Especial da Funai para Prevenção e Repressão nas Aldeias Indígenas) que voltou a atuar nas aldeias da região, ele teria matado a indígena porque a mulher estaria realizando “feitiçaria” na reserva indígena.

Rosalina Araújo de 34 anos, que era residente na própria Aldeia Limão Verde em Amambai, foi atingida com pelo menos três facadas, uma da cabeça, uma no braço e outra no peito. Ela ainda chegou a ser socorrida por uma equipe da FUNASA (Fundação Nacional de Saúde) que estava trabalhando no interior da reserva indígena, mas acabou morrendo a caminho do hospital.

Bruxaria assusta aldeias- Episódios envolvendo bruxaria são registrados com freqüências, assustam a causam alvoroços nas comunidades indígenas da região de fronteira.

Em 2005 uma mulher de 35 anos teria sido excomungada e teria permanecido amarrada por vários dias a um tronco de madeira após ter jogado feitiço em pessoas em uma aldeia na região de Paranhos. Segundo as informações ela só não foi queimada viva pela tribo por conta da intervenção das lideranças da comunidade indígena, mas acabou sendo excluída da aldeia pela comunidade.

Em Amambai- No ano passado outro caso envolvendo bruxaria provocou alvoroço da população da própria Aldeia Limão Verde quando lideranças da reserva indígena encontraram, em um residência no interior da aldeia, uma espécie de altar, supostamente utilizado para rituais de magia negra.

No local foram encontrados escrituras em línguas estranhas e restos mortais como um crânio humano e roupas, supostamente retiradas de sepulturas de um cemitério campal situado próximo à aldeia que dias antes teve vários túmulos violados.
 
 
 
A Gazeta News

Deixe seu Comentário

Leia Também

CARNAVAL 2020
Por WhatsApp, Witzel convida Bolsonaro para assistir a desfiles do carnaval no seu camarote
DICAS DE SEGURANÇA
Saia de viagem neste feriado e deixe sua casa segura com as dicas da Polícia Civil
GUGU LIBERATO
Defesa diz que Gugu Liberato deu 500 mil dólares a Rose Miriam e mansão de R$ 6 mi
LUTO NO CINEMA
Morre aos 83 anos José Mojica Marins, o lendário Zé do Caixão
FAMOSIDADES
Pós-parto: Andressa Miranda faz revelações sobre sexo com Thammy Miranda
CONCURSO DO EXERCITO
Concurso Exército: Saiu o edital com 1.100 vagas para nível médio
BOLSONARO
Bolsonaro diz que imprensa poderia ser um partido: ''Ia ficar à esquerda''
FAMOSOS
Filho de Leonardo, João Guilherme recebe crítica e ironiza
TRAFICO DE DROGAS
Mulher é flagrada com 240 gramas de fumo na vagina para entrar na cadeia
FAMOSIDADES
Roberto Carlos reprova roteiro de Glória Perez, atraza produção e procura ator para filme