Menu
SADER_FULL
sábado, 23 de março de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Incra inicia fiscalização em assentamentos em outubro

24 Set 2004 - 17h32
O Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), inicia no mês de outubro, o levantamento dos assentados que receberam recursos para apoio e moradia e venderam os lotes. Os inadimplentes serão executados de forma amigável ou judicialmente. Os que não saldarem suas dívidas serão inscritos na dívida ativa da União.

Mato Grosso do Sul tem 39 assentamentos. Todos tiveram registro de venda de lotes. Cerca de 40% dos lotes foram vendidos, trocados ou repassados para terceiros. Os casos foram registrados nos assentamento de Casa Verde, em Nova Andradina e Capão Bonito I e II, em Sidrolândia. Também foram registradas vendas no Itamarati.

Cada assentado recebe do Incrra R$ 2.400, 00 para apoio e R$ 5.000,00 para compra de material de construção. Além disso recebe financiamento do Programa de Agricultura Familiar.

A fiscalização inicia no mês de outubro pelo assentamento Capão Bonito, em Sidrolândia. Além de serem inseridos na dívida ativa da União, os assentados poderão ser indiciados por estelionato contra a União.
 
 
RMT Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

CRIME NA MADRUGADA
Mulher é brutalmente assassinada; carro foi visto deixando o local
CRIMINOSO FORAGIDO
Homem invade apartamento para roubar e estupra adolescente
FAMOSIDADES
Leonardo não foi ao casamento da filha, Jéssica, porque se irritou com o "cache" recebido pelo casal
DOENÇA TERRIVEL
Jovem com câncer terminal foge de hospital, realiza desejo de comer hambúrguer e morre
SUICIDIO
Técnica de enfermagem tira a própria vida dentro de banheiro de hospital
PACOTE PÁSCOA NO CAMPO BELO RESORT
Campo Belo Resort com pacote especial para a PÁSCOA, Confira aqui e já faça sua reserva
CORAJOSA
Mulher reage a assalto e dá surra em bandido
DESUMANIDADE
Motorista morre em acidente com caminhão e carga de frango é saqueada
LOTERIA
Loterias do final de semana podem pagar mais de R$ 23 MILHÕES
CRIATIVIDADE
Mulher consegue emprego após 5 horas no semáforo com cartaz