Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 20 de junho de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Incra compra fazenda em Juti para assentar colonos

6 Ago 2004 - 08h55
O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) adquiriu ontem  a fazenda Terra do Boi, de 2.941 mil hectares, no município de Juti (MS). Ao todo, 160 famílias de agricultores, das quais 120 de assentados da reforma agrária, passarão a ocupar a área.
O Incra vai pagar pela fazenda 30 milhões de reais, sendo 12% do valor no ato da compra. O restante será pago em títulos da dívida agrária (TDA), que poderão ser resgatados em cinco anos."A aquisição da terra do boi vem resgatar uma dívida histórica da sociedade brasileira para com os índios Guarani-Kaiowá, cuja terra foi retirada há 60 anos", afirmou o presidente do Incra, Rolf Hackbart.

O superintentende do Incra no Mato Grosso do Sul, Luis Carlos Bonelli, explicou que a compra da fazenda vai dar um ponto final na disputa entre colonos e índios da região do Panambizinho. "Nós fizemos um acordo com os colonos. Vamos completar todas propriedades até 12 hectares, para que todos tenham a mesma quantidade de terra", informou.

Os conflitos no Panambizinho começaram há nove anos, quando a área foi reconhecida como reserva indígena, onde vivem 90 famílias Guarani-Kaiowá. Mas os colonos estão na região desde a década de 40, como medida de ocupação promovida pelo governo Getúlio Vargas.  

 

 

Dourados Agora

Deixe seu Comentário

Leia Também

ATAQUE CANINO
Criança de dois anos é morta no quintal de casa por cachorro rottweiler
INFANTICIDIO
Padrasto teria sentado em cima da cabeça de bebê que morreu,foi espancado na cadeia
SOB INVESTIGAÇÃO
Jornalista do site Lei Seca Maricá foi assassinado com 3 tiros
VIDA SEDENTARIA
OMS alerta: Criança menor de 3 anos não deve ficar nem um minuto em tablet ou celular
HOMICIDIO X SUICIDIO
Pai que matou o filho de 4 anos e se matou não se conformava com namoro da ex-mulher
DOENÇA DO SÉCULO
Jovem de 19 anos, com depressão comete suicídio e comove amigos
ASSASSINATO CRUEL
O massacre do menino Rhuan e o silêncio da grande mídia
FAMOSIDADES
Homem discute com mulher e mata bebê de quatro meses
SOLIDARIEDADE
Bebê nasce sem os olhos e mobiliza cidade do Paraná
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Pai mata filho de quatro anos e se mata por não aceitar fim do relacionamento