Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 10 de dezembro de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Incra compra fazenda em Juti para assentar colonos

6 Ago 2004 - 08h55
O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) adquiriu ontem  a fazenda Terra do Boi, de 2.941 mil hectares, no município de Juti (MS). Ao todo, 160 famílias de agricultores, das quais 120 de assentados da reforma agrária, passarão a ocupar a área.
O Incra vai pagar pela fazenda 30 milhões de reais, sendo 12% do valor no ato da compra. O restante será pago em títulos da dívida agrária (TDA), que poderão ser resgatados em cinco anos."A aquisição da terra do boi vem resgatar uma dívida histórica da sociedade brasileira para com os índios Guarani-Kaiowá, cuja terra foi retirada há 60 anos", afirmou o presidente do Incra, Rolf Hackbart.

O superintentende do Incra no Mato Grosso do Sul, Luis Carlos Bonelli, explicou que a compra da fazenda vai dar um ponto final na disputa entre colonos e índios da região do Panambizinho. "Nós fizemos um acordo com os colonos. Vamos completar todas propriedades até 12 hectares, para que todos tenham a mesma quantidade de terra", informou.

Os conflitos no Panambizinho começaram há nove anos, quando a área foi reconhecida como reserva indígena, onde vivem 90 famílias Guarani-Kaiowá. Mas os colonos estão na região desde a década de 40, como medida de ocupação promovida pelo governo Getúlio Vargas.  

 

 

Dourados Agora

Deixe seu Comentário

Leia Também

CENTRO ESPÍRITA
Médium é acusado de Abusos Sexuais em crianças
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Nicolau leva surra de chicote no bordel
COVARDIA
Mulher agride menino autista em playground e vídeo viraliza
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Nicolau descobre que Diana luta karatê e fica em choque
ACUMULOU
Ninguém acerta a mega-sena e prêmio acumula em R$ 30 milhões
VIOLENCIA
'Tiro, porrada e bomba': festa em universidade acaba em pancadaria e PM responde com violência
NOVELA GLOBAL
Gabriel confronta Valentina em “O Sétimo Guardião”
ARROCHO
Regra defendida por Bolsonaro tira R$ 1,1 mil por mês das novas aposentadorias
BARBÁRIE
Mulher é presa após atear fogo em cachorro
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Feliciano foi muito rico e ajudou Valentina no passado