Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 10 de dezembro de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

“Impagável”, dívida da Santa Casa é de R$ 72 milhões

27 Out 2010 - 08h52Por Campo Grande News

As dívidas do maior e mais importante hospital de Mato Grosso do Sul somam R$ 72 milhões e não há perspectiva de pagamento. No valor estão incluídos débitos da Santa Casa de Campo Grande com bancos e fornecedores, entre outros.

“Herdamos uma dívida impagável”, explicou o diretor financeiro da junta interventora, Edson da Mata. Foram R$ 57 milhões da administração anterior. Nesta terça-feira, a administração da Santa Casa fez uma prestação de contas ao prefeito e à imprensa.

A junta interventora pagou R$ 22,4 milhões, mas os juros empurraram a dívida para cima. E o cenário ainda é ruim. “Só de ações trabalhistas temos R$ 81 milhões tramitando na Justiça”, diz Edson.

De acordo com o prefeito Nelson Trad Filho, vários fatores conspiram contra a Santa Casa: a “epidemia” de traumas, o envelhecimento da população e até a agilidade do Samu (Serviço de Atendimento de Urgência). Antes, muitas pessoas morriam antes da chegada do socorro, o que diminuiu, segundo o prefeito, graças ao serviço.

Apesar das dívidas ter aumentado, Nelsinho, que é médico, diz que tem a convicção “que está sendo feito o melhor”.

Obras - O diretor-administrativo Jorge Martins apresentou em sua prestação de contas a realização das reformas do Pronto Socorro, do espaço físico da Nutrição Enteral, do CTI (Centro de Tratamento Intensivo) do 1º andar, com seis leitos; do CTI 7, com 15 leitos; do CTI 1, 3 e 4, com 18 leitos; da creche; e de oito salas do centro cirúrgico, além da revitalização e equipamento da recepção principal do hospital.

Estão em execução, as reformas do CTI 2, da farmácia do Centro Cirúrgico, do Espaço Físico do Banco de Sangue (subsolo 1) e do espaço físico para mudança do ambulatório, além da pintura geral externa, a aquisição de materiais e equipamentos nas instalações do serviço de nutrição parenteral e a construção do Hospital do Trauma, com 120 leitos.

Dessas obras, cinco deverão ser concluídas ainda neste ano. Ficam para 2011 apenas a pintura geral externa (31 de janeiro) e o Hospital do Trauma (31 de dezembro, também do ano que vem).

Além desses projetos, a Santa Casa diz que irá iniciar em novembro a reforma do Prontomed, licitou a reforma dos 15 leitos da unidade coronariana e anunciou para este ano a troca do PABX, após 30 anos de uso, por um sistema mais moderno, com 400 ramais, doado pela operadora de telefonia Oi.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVARDIA
Mulher agride menino autista em playground e vídeo viraliza
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Nicolau descobre que Diana luta karatê e fica em choque
ACUMULOU
Ninguém acerta a mega-sena e prêmio acumula em R$ 30 milhões
VIOLENCIA
'Tiro, porrada e bomba': festa em universidade acaba em pancadaria e PM responde com violência
NOVELA GLOBAL
Gabriel confronta Valentina em “O Sétimo Guardião”
ARROCHO
Regra defendida por Bolsonaro tira R$ 1,1 mil por mês das novas aposentadorias
BARBÁRIE
Mulher é presa após atear fogo em cachorro
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Feliciano foi muito rico e ajudou Valentina no passado
SE DEU MAL
Assaltante é morto após fazer idosa de 83 anos refém no Rio de Janeiro
ROUBO MILIONÁRIO
Homens invadem banco, trocam tiros com polícia e fogem com R$ 1 milhão