Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 20 de novembro de 2018
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

Ilda pede apoio da população de F. do Sul contra a dengue

26 Mar 2007 - 08h52

A prefeita de Fátima do Sul, Ilda Salgado Machado (PR), através da secretaria de infra-estrutura municipal e da secretaria municipal de saúde e higiene pública, ela que está preocupada com o grande salto dos casos de dengue em Fátima do Sul e todo o Estado de Mato Grosso do Sul, pediu a colaboração de toda a população fatimasulense e do Distrito de Culturama, para juntos combater esta epidemia da dengue.

 

Ilda Machado destacou a grande porcentagem de casos de dengue em todo o Estado de Mato Grosso do Sul, porcentagem esta que já chega a 70%. “Em decorrência disso, nós temos que adotar medidas preventivas no sentido de minimizar os casos de dengue em nosso município, como forma de controlar o avanço desta epidemia em nossa cidade e nosso Estado. É importante lembrar também que a compreensão e o espírito comunitário de cada um, iremos concluir nossos objetivos e ter-mos uma cidade mais limpa e humana”. Enfatizou Ilda Machado.

 

A prefeita determinou a secretaria municipal de infra-estrutura e a secretaria municipal de saúde e higiene pública, para que se tome as devidas providências: preservar limpo o terreno de sua propriedade ou responsabilidade, tanto na parte interna quanto na parte externa, quando não houve calçadas, evitando o crescimento de ervas daninhas; - quando existir grama, mantê-la aparada; - ao retirar entulhos, ou podar árvores, procurar não fazer aos finais de semana e para manter a cidade limpa, providenciando a imediata retirada da frente de seu imóvel; - acondicionar o lixo doméstico em embalagens apropriadas tipo saco plástico e mantê-las em tambores com tampa; - manter limpos e roçados os terrenos não edificados de sua propriedade; e manter garrafas ou embalagens que possam reter água, viradas com o bocal para baixo.

 

Segundo a Secretária Municipal de Saúde e Higiene Pública, Priscila Gazola, a equipe que faz trabalho de campo esta encontrando vários focos do mosquito transmissor da Dengue, tanto em residências e comércio. “O mosquito nasce em água limpa e parada não importando o bairro, classe social, tanto na periferia quanto no centro da cidade onde também tem sido encontrado foco do mosquito. A única maneira de evitar a dengue é não deixar o mosquito nascer. Para isso, é necessário acabar com os "criadouros" (lugares de nascimento e desenvolvimento do mosquito). Portanto, não deixe a água, mesmo limpa, ficar parada em qualquer tipo de recipiente”. Concluiu a secretária Priscila Gazola.

 

 

 

Fátima News

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem que matou filho para defender a nora comete suicídio
INJUSTIÇA
Familiares prestam homenagem a laçador de cães que morreu após ser hostilizado
FORAGIDO
Mulher é morta a facadas pelo ex-marido, que não aceitava fim de relacionamento
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Valentina conta a Egídio que Gabriel é filho dele
CRUELDADE
Idosa de 106 anos é assassinada a pauladas no Maranhão
NOVO GOVERNO
Desistência de general para ministério leva crise ao QG de Bolsonaro
ASSASSINATO
Câmeras flagram dupla efetuando mais de 30 tiros contra homem; veja o vídeo
TRISTEZA
Menino de 10 anos comete suicídio após a prisão do pai
MALDADE
Câmera de segurança flagra homem colocando fogo em casinha comunitária para cachorros
FATIMASSULENSES EM UBATUBA (SP)
Fatimassulenses, alunos do Vicente Pallotti fazem curso de biodiversidade marinha em Ubatuba (SP)