Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 25 de março de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

IBGE: expectativa de vida deve chegar a 81 anos em 2050

30 Ago 2004 - 09h52
A expectativa de vida do brasileiro, que hoje é de 70,4 anos ao nascer, deve alcançar em 2050 o patamar de 81,3 anos, basicamente o mesmo nível atual do Japão, o primeiro colocado no ranking mundial das mais elevadas esperanças de vida. O Brasil ocupa o 89º lugar com o indicador estimado para 2000, dentre os 192 países pesquisados pela Organização das Nações Unidas (ONU). Em escala mundial, a ONU estimou para 2000 a esperança de vida ao nascer em 65 anos e para 2045-2050 uma vida média de 74,3 anos.

Os dados são da “Projeção da População do Brasil por Sexo e Idade para o período 1980-2050, Revisão 2004”, divulgada nesta segunda-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

De acordo com o estudo, o aumento da vida média do brasileiro é conseqüência dos avanços da medicina e das melhorias nas condições gerais de vida da população. “Em 1940 a vida média do brasileiro atingia 45,5 anos e 40 anos mais tarde este indicador elevou-se em 17 anos”, diz a publicação.
 
 
Agência Brasil 

Deixe seu Comentário

Leia Também

MOSTRA MONITORAMENTO
Caminhoneiros se mobilizam para nova paralisação
CRIME NA MADRUGADA
Mulher é brutalmente assassinada; carro foi visto deixando o local
CRIMINOSO FORAGIDO
Homem invade apartamento para roubar e estupra adolescente
FAMOSIDADES
Leonardo não foi ao casamento da filha, Jéssica, porque se irritou com o "cache" recebido pelo casal
DOENÇA TERRIVEL
Jovem com câncer terminal foge de hospital, realiza desejo de comer hambúrguer e morre
SUICIDIO
Técnica de enfermagem tira a própria vida dentro de banheiro de hospital
PACOTE PÁSCOA NO CAMPO BELO RESORT
Campo Belo Resort com pacote especial para a PÁSCOA, Confira aqui e já faça sua reserva
CORAJOSA
Mulher reage a assalto e dá surra em bandido
DESUMANIDADE
Motorista morre em acidente com caminhão e carga de frango é saqueada
LOTERIA
Loterias do final de semana podem pagar mais de R$ 23 MILHÕES