Menu
PASSARELA
sexta, 25 de maio de 2018
SADER_FULL
Busca
DR. SHAPE
Brasil

IBGE contratará 1,24 mil trabalhadores temperários

7 Jul 2004 - 09h41
 

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) contratará 1.240 profissionais para serviço temporário de até um ano, prorrogável por mais um ano. As remunerações oferecidas vão de R$ 480 a R$ 1,3 mil, conforme portaria publicada hoje no DOU (Diário Oficial da União). A distribuição das vagas entre os Estados e os critérios para a concorrência ainda não foram publicados.

A autorização do ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Guido Mantega, prevê processo seletivo simplificado. E oferece R$ 1,3 mil de salário para analista censitário, com 75 vagas ; R$ 480 para agente de pesquisa e mapeamento, 1.137 vagas; e R$ 800 para técnico gráfico censitário, com 28 vagas. O processo será através de prova escrita, facultada ao IBGE a exigência de outros requisitos previamente fixados no edital de convocação, que será publicado futuramente.

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

FÁTIMA DO SUL - PROTESTOS CONTINUAM
Bloqueios continuam e caminhoneiros convocam população para 'Parar Fátima do Sul'
VANDALISMO NÃO!
Caminhão é incendiado por manifestantes durante protesto contra aumento de combustível
TRABALHO ESCRAVO
Ministério do Trabalho resgata 15 trabalhadores de situação degradante
NOVELA GLOBAL
Segundo Sol: Fugitiva, Manu é perseguida pelo avô cruel, ela busca refugio na casa de Luzia: “Você é
APOCALIPSE
Estela (Lisandra Souto) trai o marido, Felipe (Jandir Ferrari), ao contar que ele sabe onde está Zoe
CAMINHONEIROS MANTÉM BLOQUEIOS
Mesmo após acordo, caminhoneiros se mobilizam pelo 5º dia em vários estados
FÁTIMA DO SUL - GASOLINA ACABANDO
Filas enormes se formam no único posto que tem gasolina e vai atender a noite toda em Fátima do Sul
GREVE DOS CAMINHONEIROS
Governo e caminhoneiros chegam a acordo para trégua de 15 dias
FÁTIMA DO SUL - FOTO DO DIA
FOTO DO DIA: Fotógrafo registra de cima, produtores e apoiadores aos caminhoneiros em Fátima do Sul
GREVE DOS CAMINHONEIROS
'Governo Federal está jogando para os estados problema da greve dos caminhoneiros', diz Reinaldo