Menu
SADER_FULL
quinta, 27 de junho de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

IBGE começa Censo Agropecuário em abril

22 Mar 2007 - 16h23

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) iniciará no próximo dia 16 de abril a coleta de informações para o Censo Agropecuário e para a Contagem Populacional, que serão feitos de forma integrada para reduzir custos.

Segundo o presidente do instituto, Eduardo Nunes, para atualizar a fotografia do setor rural, serão visitados por técnicos do IBGE 5,7 milhões de estabelecimentos agropecuários existentes em todos os Estados brasileiros.

O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, que juntamente com o presidente do IBGE abriu nesta quinta-feira, um seminário em Brasília para esclarecer detalhes da organização dos dois trabalhos, comentou que será importante a atualização de dados sobre a área rural do País já que desde 1996 não se faz no Brasil uma radiografia deste tipo no campo.

"Vamos saber detalhadamente o que de importante aconteceu na agropecuária nos últimos onze anos e vai nos ajudar muito a entender a realidade brasileira", afirmou Bernardo. O presidente do IBGE acrescentou que o censo deverá mostrar uma melhora no setor de agronegócios do País. "Seja a grande ou a pequena agricultura tiveram grande evolução nos últimos anos e o importante agora será analisar sua sustentabilidade para o futuro", comentou Nunes.

O IBGE vai visitar estabelecimentos que atuam nos segmentos de agricultura, aqüicultura, pecuária, avicultura, apicultura, sericicultura, extração vegetal, silvicultura, beneficiamento e transformação de produtos agropecuários. Serão coletados dados sobre quantos estabelecimentos agropecuários são, o que produzem, quantas pessoas estão ocupadas, quais as práticas e os manejos utilizados.

Segundo Eduardo Nunes, a proposta do IBGE é com esses dados criar " tirar a fotografia", criar uma base cadastral e atualizá-la continuamente, "de preferência a cada ano" por meio de pesquisas.

Contagem populacional - A Contagem Populacional será realizada em 5.435 municípios com menos de 170 mil habitantes, o que representa 97% do total de cidades brasileiras. Segundo o presidente do IBGE, a finalidade desse trabalho "é contar, saber onde vivem e quantas são as pessoas" dessas localidades.

Ele explicou que nos demais municípios - cuja população é superior a 170 mil - a contagem do IBGE será por meio de estimativa. De acordo com Nunes, a estatística tem que ser mais precisa nos municípios pequenos porque um eventual erro populacional pode influenciar negativamente nos repasses de verbas do FPM (Fundo de Participação dos Municípios).

O IBGE pretende visitar 30 milhões de domicílios. Para os dois trabalhos (Censo Agropecuário e Contagem Populacional), o IBGE vai gastar aproximadamente R$ 600 milhões e utilizar cerca de 90 mil pessoas entre servidores do IBGE e contratados temporariamente. Os primeiros resultados começarão a ser divulgados em meados de setembro deste ano.

 

 

Agência Estado

Deixe seu Comentário

Leia Também

ALERTA EPIDEMIOLÓGICO
Acadêmico de Medicina morre com suspeita de dengue hemorrágica
INSTINTO ASSASSINO
Jovem leva 23 perfurações pelo corpo dois dias após se separar e fica em coma induzido
CRUELDADE
Adolescentes torturam e matam garota por causa de ciúmes, divulgam vídeo e são apreendidas
HABEAS CORPUS
Segunda Turma do STF mantém Lula preso
TRAGEDIA NA RODOVIA
Uma pessoa morre e cinco feridos após carro da Secretaria de Saúde bater em caminhão
ESCRAVIDÃO
Mulher era mantida em cárcere privado por 20 anos
MONSTRUOSIDADE
Bebê de 9 meses é estuprado e espancado até a morte
QUADRO ESTÁVEL
Após acidente e cirurgia às pressas, Filho de Huck e Angélica deixa UTI
CIGARREIRO
Homem morre após capotar carro carregado com cigarros
ASSÉDIO SEXUAL
Dany Bananinha sofre assédio em praia do Rio e impede nova vitima: 'Me tremi toda'