MEGA_OKA_CARROS_
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 20 de Outubro de 2017
DELPHOS_FULL
28 de Setembro de 2004 11h12

Horário de verão vai entrar em vigor depois das eleições

O horário de verão deste ano, segundo a Ministra de Minas e Energia, Dilma Roussef será logo após o 2° turno das eleições no país.

Em entrevista ao Bom Dia MS, a ministra de Minas e Energia, Dilma Roussef informou que o horário de verão será logo depois do período eleitoral. “O estudo nosso é de ser pós-eleição até por um pedido do TRE”, disse a ministra. No ano passado, o horário entrou em vigor no dia 19 de outubro. Caso entre somente após o segundo turno das eleições, o horário só será aplicado a partir do mês de novembro.

De acordo com a Empresa de Energia Elétrica do Estado, no ano passado o Mato Grosso do Sul economizou o suficiente para abastecer por um mês, uma cidade de 18 mil habitantes. Conforme o dado, a economia foi de 0,5%, o equivalente a 5.800 megawats-hora. Energia suficiente para abastecer durante um mês o município de Sidrolândia.

Apagão - Com relação a um novo ‘apagão’, a ministra disse que o governo está realizando as medidas necessárias para evitar um racionamento de energia elétrica.


“Recebemos um estoque de hidrelétricas que não possuíam licença ambiental, não tinham contrato ou financiamento. Estamos equacionando esses 45 empreendimentos, para que eles tenham solução e sejam viabilizados, possibilitando expansões do sistema”, disse a ministra.

Ainda conforme Dilma, o ministério está escolhendo novos projetos, que na seqüência devem ser licitados. “No dia 30 de setembro estarão sendo licitadas quatro grande obras para o Estado: Duas linhas de Transmissão e duas Sub-Estações”, afirmou. As linhas de transmissão serão de Porto Primavera à Imbirussu e de Porto Primavera à Dourados e as duas sub-estações serão a do Imbirussu e a de Porto Primavera. “Isso junto com as térmicas dão uma necessária robustez ao sistema de geração de energia do Estado”, explica a ministra.


Pólo Gás-Químico – A ministra ainda falou sobre a instalação do pólo gás-químico na região de Corumbá. “O pólo é muito importante para Corumbá. É um projeto estratégico do país. Primeiro internaliza um pólo gás-químico, e por tudo que ele traz, como unidades separadoras, que permite a produção de GLP e distribuir na região, eliminando gastos com transportes”, disse. Ela também afirmou que essas obras que devem estar sendo incorporadas são de importância fundamental para a região centro-sul do país, mais precisamente no Estado.


Ela concluiu dizendo que boa parte dos projetos já deverá estar em funcionamento até 2008 e 2009. “No máximo estes projetos estarão todos implementados até 2010”, concluiu.
 
TV Morena
Comentários
Veja Também
FARMÁCIA_CENTROFARMA_300
FORTALEZA
LIMIT ACADEMIA_BOTTON
Últimas Notícias
  
LIMIT ACADEMIA_BOTTON
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.