Menu
SADER_FULL
quinta, 14 de novembro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Homem tira calça ao ser barrado em porta giratória de banco

15 Mar 2007 - 17h55
Um homem de cerca de 60 anos tirou a calça nesta quinta-feira (15) ao ser barrado na porta giratória da Caixa Econômica Federal da Avenida Luís Carlos Berrini, na Zona Sul de São Paulo.

O cliente tentou entrar na agência três vezes por volta das 14h50, mas o detector de metais fez a porta travar. Como o homem estava muito nervoso, o gerente foi chamado para tentar contornar a situação. Ele sugeriu que o cliente tirasse um relógio do pulso.

Mesmo sem o objeto, o homem foi barrado pela quarta vez por causa de uma corrente que levava no pescoço. Irritado, ele tirou a calça na entrada da agência. O gerente conversou com o cliente e conseguiu convencê-lo a colocar a roupa.

A polícia chegou a ser chamada, já que os seguranças do banco acionaram o alarme. O homem, no entanto, não chegou a ser levado para a delegacia. O gerente do banco disse que os clientes precisam deixar todos objetos de metal em uma caixinha antes de ingressar na porta giratória. “Segurança, a gente não pode negligenciar.”
 
 
 
 
RMT Online
 
 
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

MAGIA NEGRA
Bonecas penduradas em árvores e em cruz assustam moradores
BRASILEIRÃO
Flamengo só poderá ser campeão brasileiro após final da Libertadores; entenda
RETIRO DOS ARTISTAS
Ator de 'Roque Santeiro' pede abrigo no Retiro dos Artistas aos 81 anos: 'Quero ser feliz'
A DONA DO PEDAÇO
Kim desiste de casar com Paixão e Márcio e vira agente de Lady Gaga, Beyoncé e Justin Timberlake
INDENIZAÇÃO
Padre Marcelo deve receber indenização de autora que o acusou de plágio
PARTIDO APB
Bolsonaro anuncia a deputados que vai deixar PSL e criar o partido 'Aliança Pelo Brasil'
FAMOSIDADES
Solange Gomes posa com seio à mostra: 'O tempo pode até passar, mas a exibição não'
NOVELA GLOBAL
Em 'A dona do pedaço', Fabiana faz terror com freiras em convento
SEM TETO
Mulher montou casa em ponto de ônibus há um mês. Prefeitura sabe, mas nada fez
ABSURDO - BRASIL
Menina de cinco anos morreu por bala perdida durante execução de traficante, segundo a Polícia Civil