Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 22 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Homem mantém quatro reféns em fórum em Rôndonia

31 Ago 2007 - 10h19

Um homem armado mantém quatro reféns no Fórum de Ariquemes (RO) desde às 9h30 desta quinta-feira (30). Inicialmente, o invasor ameaçou seis pessoas com uma arma  no cartório da 2ª Vara Criminal. Dois reféns foram libertados por volta das 17h. Ação já dura mais de 12 horas.

 

A cidade de Ariquemes fica a 200 quilômetros de Porto Velho, em Rondônia. O prédio do fórum está cercado pela polícia. 

 

No início da tarde, dois tiros foram disparados dentro do prédio do fórum. Não há informações sobre feridos.

 

Durante a invasão, um carro que estava no estacionamento do fórum começou a pegar fogo. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, foram encontradas várias garrafas de álcool e gasolina dentro do veículo incendiado. Há suspeitas de que o carro seja do invasor.

 

Uma sala de gerenciamento de crise foi montada no fórum. Cerca de 30 policiais, quatro juízes e cinco delegados estão no local para tentar negociar com o invasor. De acordo com informações da polícia, o homem não foi claro sobre as reivindicações.

 

 

G1

Deixe seu Comentário

Leia Também

CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação