Menu
LIMIT ACADEMIA
sábado, 19 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Hoje é o último dia para aderir ao Supersimples

31 Jul 2007 - 06h07
Hoje (31) é o último dia para os micro e pequenos empresários aderirem ao Simples Nacional ou Supersimples, como ficou conhecido. O formato unifica o recolhimento de oito impostos (seis federais, um estadual e um municipal).

As empresas que estavam no antigo Simples Federal e não tinham débitos tributários passaram automaticamente para o novo regime. Quem perder o prazo pode ingressar no sistema depois, mas vai ter as vantagens apenas a partir de janeiro.

A Receita Federal ampliou os prazos para a regularização de débito dos empresários que quiserem entrar no Simples Nacional, conhecido como Supersimples. Com o parcelamento especial, os débitos da micro e pequenas vencidos até 31 de janeiro de 2006 podem ser divididos em até 120 meses, mas o empresário terá que solicitar esse parcelamento também até o dia 31 de julho. Os débitos ocorridos entre 1º de fevereiro de 2006 e 30 de junho de 2007 deverão ser parcelados em 60 meses até 31 de outubro de 2007.

De acordo com o Sebrae, a maioria das micro e pequenas empresas pagará menos impostos com a integração proposta pelo Supersimples. A redução média será de 20% para quem já opta pelo Simples Federal, podendo chegar a 50% dependendo do estado em que a empresa estiver instalada. Para aquelas empresas que agora poderão optar pelo Supersimples a redução poderá ser de até 80%.

A aprovação da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa também permitiu que 14 categorias de serviços que não podiam se beneficiar do Simples Federal, passaram a ser contempladas pelo Supersimples. Segundo o Sebrae, a estimativa é que entre 200 mil e 300 mil empreendimentos de setores como contabilidade, informática, construção civil, vigilância, limpeza, escolas de línguas e academias, venham a aderir ao novo regime tributário.

Os empresários interessados em entrar no novo regime devem entrar no site da Receita Federal e preencher o formulário de adesão. Criado pela Lei Geral da Micro e Pequena Empresa, aprovada no Congresso Nacional e sancionada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva em dezembro, o Simples Nacional entrou em vigor no dia 1º de julho.

De acordo com a Receita Federal, foram recebidos até quinta-feira (26) 1.281.644 pedidos de adesão ao Simples Nacional. Desse total, 1.112.977 têm pendências fiscais, 76.649 tiveram indeferimento por problemas cadastrais e 81.046 tiveram deferimento imediato por não terem problemas cadastrais ou fiscais. Há ainda 10.972 novas empresas aguardando análise dos Estados e municípios. Cerca de 1,3 milhão de empresas passaram automaticamente do sistema antigo para o Supersimples.

 

 

Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos
LUTO NA MÚSICA
Cantor sertanejo Marciano morre aos 67 anos, vítima de enfarto
CARNAVAL É NO CAMPO BELO RESORT
Carnaval é no Campo Belo Resort, reserve já seu lugar nesse bloco - Confira os pacotes
MS EM ALERTA
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana no MS