Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 23 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Heróico, Peixe vira e está nas semifinais da Libertadores

24 Mai 2007 - 08h58
"O Santos é o time da virada, Santos é o time do amor." Mais uma vez, o coro da torcida empurrou o Leão do Mar, que, na base da garra, da superação, conseguiu uma virada heróica e está na semifinal da Taça Libertadores 2007. Debaixo de forte chuva, o adversário, o América-MEX, saiu na frente, mas o Alvinegro foi atrás e não sossegou até conseguir o 2 a 1, nesta quarta-feira à noite, na Vila Belmiro. O Peixe enfrentará o Grêmio (que eliminou o Defensor-URU) nas semifinais, a partir da próxima quarta-feira, no Estádio Olímpico.
 
O Santos fez a sua parte. Tomou a iniciativa da partida e tratou de encurralar o time mexicano. Apertou, criou várias chances, mas desperdiçou. A melhor delas foi aos 31, com Marcos Aurélio, que carimbou a trave.
O América, mesmo com os reservas (os titulares estão concentrados para o Campeonato Mexicano), bancou o convidado indelicado, e como quem não quer nada fez de tudo para estragar a festa santista. Com uma colaboração de Jonas. Aos 32, o atacante perdeu a bola no meio e ela acabou nos pés do argentino Bilos, que fuzilou Fábio Costa.
Com o gol, o Peixe virou um time camicase. Qualquer empate favoreceria o América. Por isso, o time de Vanderlei Luxemburgo foi para cima, e abriu preciosos espaços para as investidas de Cuevas e Bilos. Aos 33, Cuevas quase marca o segundo. Ele entrou pela esquerda e chutou rasteiro. A bola passou à esquerda de Fábio Costa.
Passado o susto, o Santos seguiu martelando, mas parou no próprio nervosismo. Os erros de conclusão se acumulavam.
No fim do primeiro tempo, as coisas estavam muito complicadas para o Peixe. 
 
Tudo ou nada 
 
Rodrigo Souto e os jogadores do Santos comemoram a classificaçãoO Santos foi para o tudo-ou-nada na etapa final. O técnico Vanderlei Luxemburgo tirou o lateral-direito Alessandro para colocar o meia Pedrinho aberto pelo lado direito. Logo no primeiro minuto, Zé Roberto tabelou com Jonas e chutou rasteiro. A bola passou muito perto, à esquerda do gol de Navarrete.
 
O Peixe, precisando de gols, apertava sem parar, mas não concluía para o gol. Graças também ao excelente bloqueio mexicano.
 
O paredão amarelo começou a cair aos 20. Jonas, vilão do primeiro tempo, pegou a sobra e empurrou por baixo do goleiro. E saiu em desabafo, batendo no peito e pedindo para os torcedores aplaudi-lo.
Aos 26, foi a vez de Rodrigo Souto fazer a Vila Belmiro explodir. Kléber cobrou falta na cabeça do volante, que marcou seu primeiro gol com a camisa do Peixe.
 
O América ainda tentou apertar e assustou o Peixe em duas oportunidades, mas Fábio Costa garantiu o resultado. Uma delas aos 42, dividindo com Bilos.
 
 
G1
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

LUTO - TV
Ator Caio Junqueira morre no Rio uma semana após acidente
ANJO DA GUARDA
Amigo dá lar a mulher que viveu 40 anos internada no HC
MAMATA
General corta contratinho de R$ 30 milhões para manter jornalistas no exterior
PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física