Menu
SADER_FULL
quinta, 17 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Habilitações de telefonia móvel no país passam de 185 milhões

16 Jul 2010 - 08h39Por Agência Brasil
O número de linhas de telefones celulares chegou a 185,1 milhões após o registro de 1,4 milhão habilitações no mês de junho. De acordo com os dados divulgados hoje (15) pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), de janeiro a junho de 2010 foram feitas 11,1 milhões de assinaturas.

Segundo a Anatel, a teledensidade (linhas habilitadas por grupo de 100 habitantes) do país em junho atingiu 95,92, um crescimento de 0,69% em relação a maio.

A maioria dos acessos, 152,3 milhões (82,32%), são de pré-pagos. Três regiões apresentaram mais de um acesso por habitante, com acessos acima de 100: Centro-Oeste (114,8), Sudeste (106,9) e Sul (100,13). A Região Norte tem teledensidade de 77.9 e a Nordeste, de 77.73.

A operadora Vivo lidera em número de habilitações, com 30,24% do total. A Claro vem em segundo lugar, com 25,33%, a Tim em terceiro com 24%, e a Oi em quarto, com 20,08. Depois aparecem as operadoras CTBC, Sercomtel e Unicel, todas com menos de 1% de participação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CARNAVAL É NO CAMPO BELO RESORT
Carnaval é no Campo Belo Resort, reserve já seu lugar nesse bloco - Confira os pacotes
MS EM ALERTA
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana no MS
DECEPCIONADA
Regina Duarte surpreende e se posiciona contra atitude de Bolsonaro
SATÂNICO
Mulheres são presas acusadas de torturar criança de apenas dois anos que teve rosto desfigurado
INSPIRAÇÃO
Idoso se forma em Direito aos 94 anos, após morte da esposa
POLEMICA
Movimento Gay quer tirar Bíblia de circulação no Brasil, diz Damares
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem atira em esposa e se mata com granada
SUPERAÇÃO
Pedreiro cadeirante enfrenta difilculdades e sustenta a família trabalhando em obras
GASES MORTAIS
Homem morre após segurar peidos na casa da namorada
REALITY SHOW
'BBB 19': Danrley diz ser virgem, e irmã brinca: 'Nem no signo'