Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 17 de novembro de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Grupo percorrerá 80 km de estradas boiadeiras em MS

21 Jul 2004 - 09h45
A Tropa Guassu inicia na próxima quinta-feira, dia 24, a sua 8ª cavalgada a partir de Bataguassu, cidade a 340 km de Campo Grande. O evento tem como objetivo resgatar a origem das antigas comitivas boiadeiras que percorriam todo o Estado conduzindo rebanho em vários dias de cavalgada. Música, comidas típicas, além do contato com a natureza são ingredientes desta cavalgada. Ao todo, mais de setenta cavaleiros, incluindo crianças e mulheres, irão cavalgar um total de 80 quilômetros pelas estradas boiadeiras da região. No segundo dia de cavalgada, a comitiva vai margear o rio Paraná prestigiando as belas paisagens do local. Nos três dias de cavalgada, os integrantes vão percorrer uma média diária de 28 quilômetros, segundo informações do site de notícias Perfil News. Amanhã a noite está prevista confraternização no Rancho Quarto de Milha. Na manhã de quinta-feira, os integrantes da comitiva realizam desfile com bandeiras pelo centro de Bataguassu, seguindo depois para a estrada boiadeira que margeia o rio Pardo almoçando e pernoitando em fazendas da região. Para participar do evento, o interessado deve pagar uma taxa de R$ 70 reais. Mais informações pelo telefone 541-3614.
 
 
Campo Grande News

Deixe seu Comentário

Leia Também

OBESIDADE MORBIDA
Mulher de 230 quilos pede ajuda: ‘Está muito difícil minha vida’
EXECUÇÃO
Adolescente grávida tem residência invadida e executada com vários disparos
TATUAGENS
Influenciadoras ganham dinheiro exibindo tatuagens para fãs
TECNOLOGIA
Conheça o Xiaomi Mi Note 10, lançamento chinês com câmera quíntupla
Brasil
Chuvas causam deixam mais de 500 desabrigados
TECNOLOGIA - SE LIGA AÍ
Celulares pré-pagos de 17 Estados devem ser recadastrados até segunda-feira
MA FASE
Com gol de Messi, Brasil é derrotado pela Argentina e prolonga má fase
IDENIZAÇÃO
Justiça de São Paulo determina bloqueio de passaporte do ex-jogador Roberto Carlos
REVIRAVOLTA
Ex-governadora Rosinha vira doceira e evita falar de política: ‘Tudo deixa trauma’
FUTEBOL BRASILEIRO
Santos precisa se esforçar mais para evitar a perda de uma peça tão importante como Jorge Sampaoli