Menu
SADER_FULL
segunda, 10 de dezembro de 2018
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Grupo exige R$ 25,6 mil de jornal mexicano para não explodir prédio

2 Set 2010 - 17h42Por Folha Online

Diretores do jornal mexicano "Noroeste", de Mazatlán, disseram ter recebido três telefonemas exigindo 200 mil pesos (cerca de R$ 26,5 mil) para não explodir o prédio do jornal, informa o jornal "El Universal". A voz no telefonema seria a mesma de uma ligação recebida de um ataque a tiros contra a sede da empresa na madrugada de ontem.

A suspeita é de que a ameaça venha de uma célula do grupo La Línea, que chegou a Mazatlán há algumas semanas para disputar território com o cartel de Sinaloa, liderado pelo narcotraficante Joaquín El Chapo Guzmán Loera, informa o "Universal".

Pessoas da procuradoria geral de justiça de Sinaloa, que acompanham as investigações do caso, confirmaram que a voz corresponde à das ligações recebidas e gravadas na noite de terça-feira, horas antes de dois homens armados atirarem contra a fachada do prédio. Não havia funcionários no local no momento do ataque.

Segundo os funcionários do "Noroeste", foram recebidas três ligações esta manhã exigindo 200 mil pesos e não criar escândalo entre os meios de comunicação, informa o "Universal".

Após o ataque de ontem, o "Noroeste" publicou em sua manchete de hoje "Não vamos ceder!". "Fiel aos princípios de quem o fundou, e como demonstrou ao longo de 37 anos desde que foi criado, o Noroeste se mantém firme em sua vocação de exercer um jornalismo independente e imparcial, que não fraquejará para seguir garantindo aos sinaloenses seu direito à informação".

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVARDIA
Mulher agride menino autista em playground e vídeo viraliza
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Nicolau descobre que Diana luta karatê e fica em choque
ACUMULOU
Ninguém acerta a mega-sena e prêmio acumula em R$ 30 milhões
VIOLENCIA
'Tiro, porrada e bomba': festa em universidade acaba em pancadaria e PM responde com violência
NOVELA GLOBAL
Gabriel confronta Valentina em “O Sétimo Guardião”
ARROCHO
Regra defendida por Bolsonaro tira R$ 1,1 mil por mês das novas aposentadorias
BARBÁRIE
Mulher é presa após atear fogo em cachorro
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Feliciano foi muito rico e ajudou Valentina no passado
SE DEU MAL
Assaltante é morto após fazer idosa de 83 anos refém no Rio de Janeiro
ROUBO MILIONÁRIO
Homens invadem banco, trocam tiros com polícia e fogem com R$ 1 milhão