Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 11 de dezembro de 2018
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Cidades de Campo Grande, Dourados, Ponta Porã

Grupo Eleva abre processo seletivo para diretores com salários que variam de R$ 5 a 15 mil no MS

O Grupo Eleva Educação, do qual fazem parte nove escolas privadas de Mato Grosso do Sul nas cidades de Campo Grande, Dourados, Ponta Porã e Maracaju

12 Mar 2018 - 19h26Por Graciette Grace para o Fátima News
O Grupo Eleva Educação, do qual fazem parte nove escolas privadas de Mato Grosso do Sul nas cidades de Campo Grande, Dourados, Ponta Porã e Maracaju, está à procura de candidatos para se tornarem diretores escolares em unidades situadas no Rio de Janeiro, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Paraná e Santa Catarina, com salários entre R$ 5 e R$15 mil. Não é necessário experiência.
 
Os profissionais selecionados precisam ter concluído o Ensino Superior (bacharelado ou licenciatura) e apresentar disponibilidade para assumir o cargo a partir de julho de 2018. É necessário potencial para liderar pessoas, entusiasmo por aprender e ensinar e identificação com a missão do grupo: transformar vidas e o Brasil por meio da educação.
 
As inscrições para a Escola de Diretores Eleva, um programa para formar diretores de excelência, devem ser realizadas até dia 26 de março, exclusivamente, no site (no qual também se encontra o edital completo do concurso): www.escoladediretoreseleva.com.


Em Campo Grande as escolas Mace - uma das mais tradicionais da cidade - e as unidades do Colégio Nota 10 passaram a pertencer ao grupo com sede no Rio de Janeiro. Em Dourados, foram compradas as escolas Total e Delphos. Em Ponta Porã, a escola Total e em Maracaju, o colégio Innovare. A intenção do grupo é reforçar as marcas "Elite" e "Nota 10" em todo o Estado.  O fundador do Nota 10, João Carlos Soares da Silva, é o responsável pela operação das escolas do Grupo Eleva em todo o Mato Grosso do Sul.


Os candidatos selecionados vão passar por formação intensiva nos seguintes assuntos: liderança e cultura; tomada de decisão; conhecimentos pedagógicos, administrativos e vendas. A Escola de Diretores é um programa para formar diretores de excelência para as escolas do grupo Eleva. Os candidatos selecionados no processo vão passar por formação intensiva nos seguintes assuntos: liderança e cultura; tomada de decisão; conhecimentos pedagógicos, administrativos e vendas. Os cursos serão ministrados pelos maiores especialistas do grupo.

As inscrições estão abertas no site www.escoladediretoreseleva.com, e, após etapas de entrevistas com os candidatos, o resultado do processo sairá nos dias 24 e 25 de maio, com início das atividades no grupo Eleva em julho.

O grupo Eleva Educação:

O Grupo Eleva nasceu com o propósito de ser o vetor da mudança para a educação no Brasil. Segundo o diretor pedagógico Márcio Cohen, o objetivo é trabalhar diariamente para transformar positivamente as vidas dos alunos que passam pelos nossos colégios e proporcionar o que há de melhor em termos de conhecimento: dentro e fora de sala de aula.

'Ao longo de quase cinco anos, além de ensinar milhares de crianças e jovens, aprendemos que melhorar o rumo da educação no país só se faz possível com o engajamento de pessoas entusiasmadas, capacitadas, com foco irrestrito à comunidade escolar e que saibam trabalhar em equipe, disse.

Cohen explica que o diretor escolar é uma figura distinta,  responsável pelo funcionamento orgânico da escola: o cérebro que rege as ações e mantém intacta a saúde do colégio.

'Em busca de ampliar a atuação do grupo no país, abrimos o primeiro processo seletivo para a Escola de Diretores do Eleva. Procuramos profissionais com brilho nos olhos e potencial para liderar pessoas, que acreditem na mudança e queiram participar ativamente dela.  Temos por intenção formar diretores escolares alinhados à cultura de excelência que compõe o DNA Eleva', disse. As vagas se destinam às nossas escolas concentradas, atualmente, nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CENTRO ESPÍRITA
Médium é acusado de Abusos Sexuais em crianças
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Nicolau leva surra de chicote no bordel
COVARDIA
Mulher agride menino autista em playground e vídeo viraliza
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Nicolau descobre que Diana luta karatê e fica em choque
ACUMULOU
Ninguém acerta a mega-sena e prêmio acumula em R$ 30 milhões
VIOLENCIA
'Tiro, porrada e bomba': festa em universidade acaba em pancadaria e PM responde com violência
NOVELA GLOBAL
Gabriel confronta Valentina em “O Sétimo Guardião”
ARROCHO
Regra defendida por Bolsonaro tira R$ 1,1 mil por mês das novas aposentadorias
BARBÁRIE
Mulher é presa após atear fogo em cachorro
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Feliciano foi muito rico e ajudou Valentina no passado