Menu
LIMIT ACADEMIA
sábado, 23 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Greve de motoristas impede 1,2 mil de irem trabalhar em usina

5 Jun 2007 - 13h39
 

Os 20 motoristas de ônibus que fazem o transporte de cortadores de cana-de-açúcar para a Usina CBA (Companhia Brasileira de Álcool e Açúcar), no distrito de Quebra-Coco, no município de Sidrolândia, cruzaram os braços nesta terça-feira e impediram que os cerca de 1,2 mil funcionários fossem trabalhar.

A paralisação é em protesto contra o atraso de mais de 90 dias no pagamento dos serviços prestados pelos motoristas que são terceirizados pela Usina CBA.

A paralisação afeta a produção da usina que é destinada toda para a exportação via portos de Santos (SP), Paranaguá (PR) e Porto Murtinho.

 

 

Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

PEDOFILIA
Babá de 15 anos recebia dinheiro para ter relações com patrão
PREOCUPANTE
Mineradora declara situação de emergência em barragem de Araxá
INTOLERANCIA RELIGIOSA
Delegado solicita ida à casa do 'BBB 19' para interrogar Paula, investigada por intolerância
RESUMO DAS NOVELAS
Mercedes convoca Murilo para uma conversa
CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico