Menu
SADER_FULL
segunda, 21 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Greve de fiscais já começa a prejudicar exportação em MS

10 Set 2007 - 07h57
O superintendente do Ministério da Agricultura e Pecuária em Mato Grosso do Sul, Orlando Baez, afirmou nesta manhã que a greve dos fiscais agropecuários federais, que já dura dez dias, deve trazer impactos ao setor frigorífico a partir desta semana.

Em entrevista à TV Morena, o Baez afirmou que os prejuízos podem ocorrer nos frigoríficos de aves e de suínos, que dependem do trabalho dos fiscais para ter liberadas as cargas destinadas à exportação. Nos frigoríficos de carne, conforme Baez, não estão previstos problemas porque o abate está bem abaixo do normal, em razão da entressafra

Conforme o superintendente, o abate de aves hoje no Estado é em torno de cem mil todo mês e o de suínos em torno de 60 mil. Considerando a média semanal, são 25 mil aves por semana e 15 mil suínos

Mato Grosso do Sul tem 122 fiscais agropecuários federais. O sindicato da categoria estima adesão à greve de 60% e diz que a paralisação já afetou também a exportação de grãos. A entidade sindical garante que 30% dos fiscais permanecem em atividade, como determina a lei.
 
 
Estadão

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos