Menu
LIMIT ACADEMIA
sábado, 20 de julho de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Greve de bancários se torna a maior durante os últimos 20 anos

7 Out 2010 - 09h06Por Dourados Agora

Sem nenhuma nova proposta dos bancos às reivindicações da categoria, os bancários completaram, ontem, 6 oito dias da greve nacional, com a ampliação do movimento em todo o país. Agora já são 7.723 agências paradas nos 26 Estados e no Distrito Federal - um acréscimo de 286 em relação a terça e praticamente dobrando (99,7%) desde o primeiro dia (3.864). Isso significa que essa já é a maior greve da categoria bancária nas últimas duas décadas.

No Estado a greve chegou ao seu oitavo dia, com o fechamento de mais duas agências na base do Sindicato dos Bancários de Dourados e Região. Depois da nota provocativa da Fenaban com a falácia de que o reajuste solicitado pelos bancários é um exagero, a resposta dos bancários de Dourados e Região foi à intensificação da mobilização e o fechamento de mais duas agências da base, sendo uma do Banco do Brasil e outra do Bradesco, desta feita na cidade de Itaporã.

Além da ampliação do número de agências fechadas, que hoje deve aumentar ainda mais na base de Dourados, o Sindicato ainda emitiu nota na imprensa local desmentindo a nota da Fenaban que tinha o claro objetivo de jogar a sociedade contra a greve e conseqüentemente contra os bancários.

Os bancários de Dourados ainda promoveram uma pichação com tinta branca em lona preta, afixadas nas paredes das principais agências bancárias da cidade, denunciando que EXAGERO não é a solicitação de 11% de reajuste, mas sim os juros exorbitantes cobrados da população pelos bancos, como por exemplo: 165,65% no cheque especial, 50,02 no financiamento de bens, como por exemplo eletrodomésticos e 41,96% no crédito pessoal.

No Mato Grosso do Sul as paralisações continuam a todo vapor, com agências fechadas nas cidades de Dourados (100%), Itaporã, Maracaju, Rio Brilhante, Fátima do Sul, Juti, Campo Grande, Aquidauana, Coxim, Naviraí, Mundo Novo, Ivinhema, Corumbá, Ponta Porã e Três Lagoas, no total foram 97 agências paralisadas no Estado neste oitavo dia da greve com cerca de 915 bancários aderindo ao movimento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VICENTINA SENDO REPRESENTADA NO RJ
Vicentina será representada no Internacional de Masters South América de Jiu-jitsu no Rio de Janeiro
POLITICA
'Falar que passa-se fome no Brasil é uma grande mentira', afirma Bolsonaro
NOVELA GLOBAL
Maria da Paz se recusa a enxergar caráter de Josiane em 'A dona do pedaço'
REGIME SEMIABERTO
Goleiro Bruno deve sair da cadeia no fim da tarde desta sexta-feira
CASO RARO
Bezerro de seis patas chama atenção moradores de Santa Helena – Veja Vídeo
MONSTRUOSIDADE
Vizinho é preso suspeito de estuprar e estrangular menina de 8 anos
CASA PRÓPRIA
Recurso de R$ 1 bilhão é destinado ao Minha Casa, Minha Vida
VIDA SAUDÁVEL
Homem mais velho do Brasil falece no Rio de Janeiro
BASTA DE IMPRUDÊNCIA
Enlutada pelas mortes, população deixa faixa contra imprudência na PR-082
VIOLENCIA
Motorista atropela manifestantes do MST e mata um idoso