Menu
SADER_FULL
domingo, 18 de novembro de 2018
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

Grêmio faz 2 a 0 no Santos e fica perto da final da Libertadores

31 Mai 2007 - 07h45

Com gols de Tcheco e Carlos Eduardo, o Grêmio derrotou o Santos por 2 a 0, nesta quarta-feira, no Estádio Olímpico, em Porto Alegre, e ficou mais perto da vaga na final da Libertadores. O jogo de volta das semifinais está marcado para o próximo dia 6 de junho, na Vila Belmiro, em Santos.

No segundo jogo, o Grêmio pode ser derrotado até por um gol de diferença que vai à final. Já o Santos precisa vencer por três gols ou mais.

O vencedor deste confronto encara quem passar no duelo entre Boca Juniors, da Argentina, e Cúcuta Deportivo, da Colômbia. O primeiro jogo entre as duas equipes acontece nesta quinta-feira.

Na primeira ida do Grêmio ao ataque no primeiro tempo, Lúcio avançou pela esquerda e tentou o cruzamento. A bola, porém, não foi em direção aos jogadores tricolores e ficou nas mãos de Fábio Costa.

A resposta do Santos saiu no minuto seguinte. Kléber acertou um lançamento para Marcos Aurélio no ataque. O assistente, porém, levantou a bandeira e marcou impedimento.

O Santos voltou a atacar aos 6min, quando Zé Roberto trabalhou bem a bola no ataque e tocou para Jonas. A devolução do atacante, porém, saiu errada e a bola ficou com a defesa do Grêmio.

Apesar da pressão do Grêmio e da torcida nas arquibancadas, o Santos levava mais perigo no ataque que o adversário no início do jogo. Aos 11min, Kléber inverteu na medida para Marcos Aurélio. O atacante bateu forte e Saja defendeu.

O Grêmio se soltou mais no jogo a partir dos 16min, quando Tcheco ganhou uma jogada no meio-campo e lançou na frente para Carlos Eduardo. O passe, porém, saiu forte e ficou nas mãos de Fábio Costa.

Aos 22min, o Grêmio quase abriu o placar. Tuta recebeu cruzamento dentro da área, dominou no peito e, de primeira, bateu por cima do travessão, com grande perigo, assustando o time santista.

O Grêmio passou a dominar as ações do jogo. Aos 29min, Tuta não alcançou um cruzamento e a bola sobrou para Diego Souza. O meia bateu à queima-roupa e Fábio Costa fez uma bela defesa.

Dois minutos depois, o Grêmio teve um pênalti ao seu favor. Diego Souza recebeu lateral pelo lado direito do ataque gaúcho e foi puxado por Ávalos na área. O árbitro não teve dúvidas e marcou a falta.

Depois de ouvir as reclamações dos jogadores do Santos, o árbitro argentino Sergio Pezzotta autorizou a cobrança do pênalti e, aos 33min, Tcheco bateu no canto direito de Fábio Costa, abrindo o marcador.

O gol abalou a zaga do Santos. Aos 35min, Adaílton falhou na defesa e perdeu a disputa pela posse de bola com Carlos Eduardo. O atacante entrou na área e só teve o trabalho de chutar no canto direito de Fábio Costa.

Com os dois gols marcados, a torcida do Grêmio aumentou a festa nas arquibancadas do Olímpico. E quase comemorou o terceiro, aos 37min, mas Fábio Costa conseguiu evitar o gol de Tcheco.

Os dez minutos finais do primeiro tempo foram marcados pelo domínio das ações do jogo por parte do Grêmio. O time gaúcho não ampliou o placar, mas também não foi muito incomodado pelo Santos e foi para o intervalo em vantagem.

A etapa final começou com mudanças nas duas equipes. No Grêmio, saiu Tcheco e entrou Ramon. Já o Santos mudou duas vezes, com Jonas e Alessandro saindo para as entradas de Rodrigo Tabata e Pedrinho.

O primeiro lance de perigo do segundo tempo foi do Santos. Aos 2min, Rodrigo Tabata bateu falta para dentro da área. A defesa gremista parou e Saja saiu bem do gol para afastar a bola com um soco.

O Grêmio voltou para a etapa final mais cauteloso. Com dois gols de vantagem no placar, o time gaúcho preferiu jogar com inteligência no início do segundo tempo a se lançar ao ataque e deixar espaços na defesa.

Jogando na defesa, o time gaúcho passou a apostar nos contra-ataques. Aos 11min, Patrício passou no meio de dois jogadores santistas e fez o cruzamento. A bola, porém, saiu fraca e Adaílton cortou para o time paulista.

Aos 15min, Ramon acertou um belo chute da entrada da área. A bola passou à esquerda do gol de Fábio Costa e arrancou suspiros da torcida do Grêmio, mais comedida nas arquibancadas que na primeira etapa.

O Grêmio ficou perto do terceiro gol no jogo. Aos 17min, Carlos Eduardo recebeu lançamento nas costas de Maldonado e entrou na área. Fábio Costa, porém, saiu bem do gol e salvou o Santos.

Na busca pelo primeiro gol na partida, o técnico Vanderlei Luxemburgo decidiu ousar, sacando o meia Cléber Santana, apagado no jogo, para a entrada do jovem Moraes, deixando o time alvinegro mais ofensivo.

A mudança, porém, não surtiu o efeito esperado. Os jogadores do Santos bem que tentaram, mas esbarraram na defesa do Grêmio, bem postada em campo, e não conseguiu diminuir o placar.

Já o Grêmio assustou em alguns contra-ataques, mas também não foi feliz nas suas conclusões a gol. Mesmo assim, o time tricolor manteve a vantagem até o fim e ficou mais perto da vaga na decisão da Libertadores.

 

 

Terra

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVO GOVERNO
Desistência de general para ministério leva crise ao QG de Bolsonaro
ASSASSINATO
Câmeras flagram dupla efetuando mais de 30 tiros contra homem; veja o vídeo
TRISTEZA
Menino de 10 anos comete suicídio após a prisão do pai
MALDADE
Câmera de segurança flagra homem colocando fogo em casinha comunitária para cachorros
FATIMASSULENSES EM UBATUBA (SP)
Fatimassulenses, alunos do Vicente Pallotti fazem curso de biodiversidade marinha em Ubatuba (SP)
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Gabriel se declara para Luz e os dois se beijam
MULHERES TEM QUE DENUNCIAR
Jovem posta foto com rosto inchado para denunciar agressão do namorado
ENCONTRO DE GOVERNADORES
Em encontro de governadores com Bolsonaro, Reinaldo defende fronteira e reajuste da tabela SUS
VIOLENCIA DOMESTICA
Homem é esfaqueado por esposa que tem ciumes até da sombra
ENTROU ATIRANDO
VÍDEO: Pastor é baleado no altar durante o culto