Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 26 de maio de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Grêmio está pronto para desafio contra o Boca

20 Jun 2007 - 08h49

Desde a "Batalha dos Aflitos", em 2005, quando conquistou o direito de voltar à Série A do Campeonato Brasileiro, o Grêmio não enfrentava um desafio tão grande: conquistar a Copa Libertadores da América em cima do Boca Juniors, nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), no Estádio Olímpico, em Porto Alegre. No entanto, o time está pronto para o jogo.

A derrota por 3 a 0 na partida de ida, na La Bombonera, em Buenos Aires, obriga ao time do técnico Mano Menezes a vencer por quatro gols de diferença no tempo normal, ou por três para levar o jogo para a prorrogação e, posteriormente, para os pênaltis.

Na verdade, seria a maior façanha dos 104 anos do time tricolor, uma história que inclui duas Copas Libertadores (1983 e 1995) e um Mundial Interclubes (1983).

Apesar da desvantagem, a torcida gremista acredita na virada, de uma forma quase mágica. No último domingo, não havia mais ingressos. O Estádio Olímpico estará tomado por cerca de 50 mil pessoas - sendo 2,7 mil torcedores do Boca.

Mano Menezes utilizou essa prova de confiança como mais um estímulo para o seu time. No entanto, ele tratou de trabalhar também o lado prático. Nos dois treinos fechados, na segunda e terça-feiras, exercitou alternativas táticas e cobranças de pênaltis.

"Nos preparamos para todas as circunstâncias do jogo. Inclusive para o caso de o Boca sair na frente no placar. O time saberá reagir bem. Confiamos na torcida, na mística da camisa tricolor, mas sobretudo em nós mesmos", destacou Mano Menezes.

"Sabemos que fizemos um grande trabalho, e é essa consciência que nos impulsiona para a superação", disse o técnico após o treino de terça, diante de mais de 40 jornalistas de toda a América do Sul.

Não haverá mudanças, pelo menos de início. O técnico deu a entender que a equipe deverá começar com a formação dos últimos jogos (exceto Sandro Goiano, expulso no duelo de ida).

O volante Gavilan confirmou que em parte dos treinos ele atuou de lateral-direito. Nessas situações, Lucas ficou como primeiro volante, o lateral Patrício saiu e Amoroso entrou no ataque ao lado de Tuta e Carlos Eduardo. Mas as alternativas exercitadas serão utilizadas, se o forem, apenas no segundo tempo.

"Está descartada qualquer mudança antes do intervalo, ainda que soframos um gol", garantiu o técnico.

Segundo Mano, o Grêmio tem esperança de fazer vantagem na primeira etapa, no embalo da torcida. Mas, se o gol demorar, a receita é ter paciência e não desorganizar nunca. Para ele, a massa tricolor saberá compreender.

"Temos uma torcida melhor do que a do Boca. Aqui não é preciso o alto-falante pedir incentivo, como na Bombonera. O apoio é permanente, com a vantagem ou sem ela", elogiou o técnico.

 

 

Terra Redação 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - VISITA ILUSTRE
Em Bonito (MS), Miss Brasil Júlia Horta destaca 'A energia daqui é inexplicável'
COISA DE DOIDO
Sucuri ataca bombeiro durante resgate em SP; assista!
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Governo dobra vagas de concurso da PF e convocações saem no fim do ano
FEMINICIDIO
Mulher é morta com 75 facadas pelo ex-marido após 25 anos de casamento
NEGLIGÊNCIA FUNCIONAL
'Peguei meu filho e achei que estivesse morto', diz mãe de criança dopada em creche
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
Confira o que tá na promoção que vai até este sábado no O Boticário em Fátima do Sul
BONITO - MS - DICA AGÊNCIA ECO TOUR
Visite Bonito (MS) na baixa temporada, saiba o porquê!
FÁTIMA DO SUL - TRATAMENTO COACH
De Nova Andradina, Vanessa recupera autoestima com tratamento 'Coach' Célia Tenório de Fátima do Sul
CASA BOCA SUJA
morador instala placas com palavrões nos muros de casa
MACABRO
Mulher é encontrada morta ao lado de uma oferenda