Menu
SADER_FULL
quarta, 17 de outubro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
DR. SHAPE
Brasil

Grêmio elimina São Paulo e avança na Libertadores

10 Mai 2007 - 08h08

O Grêmio sobreviveu ao duelo brasileiro das oitavas-de-final da Libertadores e avançou na competição sul-americana. Nesta quarta-feira, o time gaúcho derrotou o São Paulo por 2 a 0, no Olímpico, e eliminou a equipe paulista do torneio, que venceu o jogo de ida por 1 a 0, no Morumbi.

Com o resultado, o Grêmio se credenciou a enfrentar o Defensor nas quartas-de-final da competição. O time uruguaio perdeu para o Flamengo por 2 a 0, também nesta quarta, mas avançou por ter vencido o jogo de ida por 3 a 0.

O Grêmio começou a partida pressionando a saída de bola do São Paulo. O time paulista tentava surpreender o adversário, mas não conseguia levar perigo ao gol do argentino Saja.

O jogo seguiu dessa forma até os 17min. Após falta cobrada para a área do São Paulo, Alex Silva afastou errado e a bola sobrou para Tcheco, que chutou forte, sem chances para Rogério Ceni, deixando o Grêmio em vantagem.

Após o gol, os dois times mantiveram a mesma postura. O Grêmio se portava melhor em campo e tentava o segundo gol. Já o São Paulo mantinha a posse de bola, porém, sem chutar a gol.

Desta forma, o Grêmio quase ampliou o placar aos 31min, quando Lúcio cobrou falta na primeira trave e William, sozinho, cabeceou no canto esquerdo de Rogério Ceni, que fez bela defesa.

A primeira finalização do São Paulo saiu aos 35min. Souza arriscou de muito longe e a bola saiu pelo lado esquerdo do gol de Saja, sem levar tanto perigo ao arqueiro argentino.

Aos 36min, Tcheco sentiu uma lesão e caiu no gramado. O jogador deixou o campo aos 42min, para a entrada de Gavilán. O paraguaio, aliás, fez sua segunda partida pelo Grêmio na competição.

Antes de acabar a etapa inicial, o São Paulo criou sua melhor chance de gol aos 47min, quando Jadílson cruzou rasteiro da esquerda e Leandro, sozinho, finalizou à direita de Saja, mas para fora.

O técnico Muricy Ramalho decidiu ousar na virada para o segundo tempo, sacando Jadílson e Hugo para as entradas de Dagoberto e Jorge Wagner. O Grêmio, por sua vez, voltou com o mesmo time.

A mudança fez bem ao São Paulo, que começou a etapa melhor que o Grêmio. O time gaúcho, em vantagem no placar, se postava no campo de defesa e tentava surpreender os paulistas no contra-ataque.

Com boas jogadas no lado esquerdo do campo, principalmente com Jorge Wagner e Dagoberto, o São Paulo passou a ter mais posse de bola que o Grêmio. Irritada com os passes paulistas, a torcida gaúcha vaiava o adversário.

Aos 15min, Ilsinho fez bela jogada individual e foi derrubado na entrada da área. Rogério Ceni bateu a falta, mas a bola desviou na barreira do Grêmio e saiu em escanteio.

Na cobrança do escanteio, pelo lado direito do ataque são-paulino, Jorge Wagner pegou bem na bola e quase fez um gol olímpico. A bola bateu no travessão de Saja e o Grêmio conseguiu afastar o perigo logo depois.

A resposta do Grêmio veio aos 19min, quando o lateral-esquerdo Lúcio arrancou em alta velocidade, se livrou com facilidade de Souza, invadiu a área pela esquerda e chutou para fora.

O jogo ficou equilibrado a partir dos 25min. O Grêmio tentava chegar ao gol com jogadas pelas laterais, enquanto o São Paulo apostava no toque de bola para surpreender o adversário.

Mesmo com o equilíbrio, o Grêmio marcou seu segundo gol aos 29min, quando Tuta recebeu na área e ajeitou de cabeça para Diego Souza, que bateu no canto direito de Rogério Ceni.

O gol desestruturou o São Paulo, que não conseguiu chegar ao gol que lhe daria a classificação para as quartas. Melhor para o Grêmio, que se portou bem em campo e conseguiu manter o resultado satisfatório até o fim.

 

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Conclusão do Comperj deve gerar 8 mil vagas em 2019
LUTO NO JORNALISMO
Morre Gil Gomes, jornalista policial, aos 78 anos, em São Paulo
SELEÇÃO BRASILEIRA
Brasil vence a Argentina com gol de Miranda nos acréscimos e conquista o Superclássico
HORARIO DE VERÃO
Início do horário de verão não será adiado, informa o Planalto
IBOPE PARA PRESIDENTE
Ibope para presidente, votos válidos: Bolsonaro, 59%; Haddad, 41%
ASSASSINATO
Rapaz agride avós de adolescente que não quis namorar com ele; avó morreu
TRAGEDIA NA RODOVIA
Carro ocupado por sete pessoas se envolve em acidente; cinco morreram
REVOLTANTE
Menina de 11 anos é estuprada por detento ao visitar irmão em presídio
ACIDENTE FATAL
Douradense morre em acidente no RS
REALITY SHOW
A Fazenda 10: Ana Paula é eliminada e se manifesta contra Bolsonaro