Menu
SADER_FULL
domingo, 25 de agosto de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Grêmio derrota Cerro Porteño e avança às oitavas

25 Abr 2007 - 07h54

O Grêmio está nas oitavas-de-final da Libertadores. Nesta terça-feira, o time gaúcho derrotou o Cerro Porteño por 1 a 0, no Estádio Olímpico, e avançou à próxima fase da competição sul-americana.

Com a vitória, o Grêmio foi a dez pontos e assumiu a primeira colocação do Grupo 3. Em segundo lugar ficou o Cúcuta, com nove, seguido por Tolima e Cerro Porteño, ambos com sete.

O Grêmio começou a partida no ataque, mas demonstrando um pouco de nervosismo. Apesar de buscar o gol, o time tricolor errava muitos passes e não conseguia finalizar com perigo.

Jogando no contra-ataque, o Cerro assustou aos 6min. Após cruzamento da direita de Rojas, Saja saiu mal do gol e a bola sobrou para Ramirez, que cabeceou à esquerda do gol do Grêmio.

Apesar do susto, o Grêmio manteve o domínio das ações no campo de ataque, mas sem levar muito perigo ao gol de Navarro. Insatisfeito, o técnico Mano Menezes começou a pedir para que equipe jogasse mais pelas laterais.

O time gaúcho conseguiu abrir o placar aos 31min, mas o gol foi anulado pela arbitragem. Após cobrança de falta de Tcheco, Teco mandou a bola para as redes, mas o assistente invalidou o lance marcando impedimento.

A última boa chance do Grêmio na primeira etapa saiu aos 43min, quando Tuta tabelou com Tcheco, invadiu a área do Cerro e chutou rasteiro, mas o goleiro Navarro fez uma boa defesa e impediu o gol gremista.

O segundo tempo veio e o Cerro voltou para a etapa final tentando atacar mais o Grêmio. Aos 5min, Salcedo tentou o chute do meio, mas a bola bateu em Nunes e ficou com Teco.

A torcida do Grêmio levou outro susto aos 14min, quando Salcedo lançou Ramirez na direita. O atacante tocou a bola na saída de Saja e quase marcou o primeiro do Cerro, mas o árbitro marcou impedimento na jogada.

Em busca do primeiro gol, o técnico Mano Menezes resolveu deixar o Grêmio mais ofensivo na partida, sacando do jogo o volante Nunes para a entrada do atacante Everton.

E a mudança deu certo. Aos 24min, Sandro Goiano cobrou uma falta para a área e Everton, de cabeça, mandou a bola para o fundo das redes, sem chances de defesa para Navarro.

Em vantagem, Mano Menezes resolver fazer outra mudança no Grêmio, desta vez defensiva. O treinador decidiu tirar de campo o atacante Carlos Eduardo para a entrada do volante Edmílson.

Empolgado, o time gaúcho teve a chance de ampliar o placar aos 31min. Na jogada, Sandro Goiano chutou cruzado e Tuta tentou desviar a bola, mas ela saiu à esquerda do gol de Navarro.

Sem oferecer tanto perigo à meta de Saja, o Cerro Porteño não conseguiu chegar ao gol de empate. Melhor para o Grêmio, que manteve o resultado positivo até o final do jogo e assegurou sua classificação.

 

 

Terra

Deixe seu Comentário

Leia Também

A CASA CAIU
Homem pede divórcio ao descobrir que não é pai de nenhum dos nove filhos
ESTADO GRAVE
Homem ateia fogo em mulher e filha de 4 anos 80% do corpo queimado
SURPRESA E FÉ
Homem que morava em uma barraca ganha casa reformada
JUSTIÇA PROPRIAS MÃOS
Suspeito de ter estuprado criança é assassinado por lideranças de bairro
ASSISTA A REPORTAGEM
Família da modelo Mylena Mendes, que morreu em acidente faz protesto no Fórum
NOVELA GLOBAL
Régis confessa que forjou DNA de Arthur em 'A dona do pedaço'
FOGO NA AMAZONIA
Macron diz que Bolsonaro mentiu, e Europa ameaça retaliar Brasil
TURISMO
Curtir a Cidade Maravilhosa com pacotes de viagens baratos
FUTEBOL - PAIXÃO NACIONAL
Uma estrutura confiável para resultados de futebol
POSSE DE ARMA
Posse de arma em toda extensão da fazenda é aprovada e segue para sanção