Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 16 de junho de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Grazielle defende rateio justo na divisão do ICMS

4 Ago 2007 - 08h37
“Não podemos ser injustos. A proposta deve ser avaliada com prudência”, declarou a 1ª secretária da Câmara Municipal de Campo Grande, vereadora Grazielle Machado (PR) ao elogiar o debate apresentado em audiência pública que manifestou a preocupação dos parlamentares municipais com mudança no critério de rateio do repasse do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).
 
Grazielle enfatiza que é a favor da readequação na divisão do bolo do ICMS para os 78 municípios, mas enfatiza que a medida deve ser tomada com prudência e de forma imparcial sem causar prejuízos as Prefeituras, especialmente para Capital.
 
Para ela, a “lei Robin Hood” ameaça Campo Grande e os principais municípios do Estado com um retrocesso sem precedentes. “Não podemos nos calar diante de uma ameaça que pode fazer nossa cidade andar para trás. Queremos progresso e justiça social, queremos que a capital continue tendo condições de atender, abrigar e amparar as pessoas de outros municípios que encontram aqui a solução para essas demandas. É possível melhorar o sistema de rateio sem descobrir de um lado para cobrir outro”, diz.
 
A vereadora republicana lembra que Campo Grande é hoje o principal pólo de atendimento à saúde no estado, oferecendo o serviço à população de todos os municípios, fato que deve ser levado em consideração.
 
“Não há pressa para a votação da proposta. Vamos até à exaustão para colaborar com essa solução”, define.
 
 
Fátima News
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSASSINATO
Marido da deputada é morto a tiros
MULHER DO PRESIDENTE
Esposa de Jair Bolsonaro cai na internet, fotos íntimas são exibidas e todos ficam sem acreditar
DOURADOS - MANIFESTAÇÕES
Dono da Havan manda 'recado' a manifestantes após protesto em frente a loja de Dourados
VENENOSA
Agricultor é picado por cobra jararaca
FORÇA DE VONTADE
Advogado que pedia emprego na rua é contratado e ganha pós-graduação
CASO DE POLÍCIA
Filho mata a mãe e rouba seu cartão para comprar cocaína
EQUIPARADO AO RACISMO
Agora Homofobia é crime, STF criminaliza
DOENÇA DO SÉCULO
Jovem de 19 anos com depressão comete suicídio e choca cidade
REVOLTANTE
Filho é preso por ficar com aposentadoria e manter pais idosos morando em situação de miséria
BARBÁRIE
Nus e amarrados, corpos de três jovens são encontrados mortos em matagal