Menu
SADER_FULL
sábado, 26 de maio de 2018
PASSARELA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Grávida é detida por torturar enteada de cinco anos em Selvíria

14 Jun 2010 - 14h19Por TV Morena

Uma mulher de 19 anos foi presa em Selvíria por ter torturado a enteada de cinco anos de idade. As marcas das agressões foram percebidas pela professora da criança, que viu os ferimentos no olho esquerdo, coxas e nas costas da menina e acionou o Conselho Tutelar.

O conselho acionou a Polícia Civil e a menina passou por exame de corpo de delito, sendo constatado que havia marcas de agressões recentes e antigas. Na investigação, a polícia apontou R.M.da S, madrata da criança, como responsável pela tortura. A jovem mora com o pai da menina há dois anos e está grávida de quatro meses. Ela tem outra filha de um ano e três meses.

Não é primeira vez que a criança é agredida pela madrasta. Desde setembro de 2009 há relatos de agressão da madrasta contra a criança, sendo que já tramitavam na Delegacia de Polícia de Selvíria dois Inquéritos Policiais para apurar os crimes cometidos pela mulher.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Laureta transa com Ícaro e fica encantada
FÁTIMA DO SUL - FOTO DO DIA
FOTO DO DIA: Carreata dos caminhoneiros vista de cima em Fátima do Sul
FÁTIMA DO SUL - GREVE JÁ PREOCUPA
Situação já preocupa o setor alimentício 'Acendemos a luz vermelha', diz empresário em Fátima do Sul
FÁTIMA DO SUL - BUZINAÇO NA AVENIDA
Ao som do Hino Nacional, população e caminhoneiros fazem 'buzinaço' em Fátima do Sul
AGORA - DECISÃO DO PRESIDENTE
#AGORA: Temer aciona Exército 'forças federais' para desbloquear estradas
FÁTIMA DO SUL - CARREATA DOS CAMINHONEIROS
Caminhoneiros preparam carreata e conclamam o comércio para que fechem as portas em Fátima do Sul
COPA DO MUNDO
Dias de jogos do Brasil na Copa do Mundo não serão feriado
FÁTIMA DO SUL - PROTESTOS CONTINUAM
Bloqueios continuam e caminhoneiros convocam população para 'Parar Fátima do Sul'
VANDALISMO NÃO!
Caminhão é incendiado por manifestantes durante protesto contra aumento de combustível
TRABALHO ESCRAVO
Ministério do Trabalho resgata 15 trabalhadores de situação degradante