Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 23 de janeiro de 2020
SADER_FULL
Busca
BANNER BET
Brasil

Grandão pede a inclusão do Sicredi na distribuição do FCO

3 Ago 2004 - 12h55

O deputado federal João Grandão (PT-MS), está reivindicando ao Ministério da Integração Nacional a inclusão do Sistema de Crédito Cooperativo (SICREDI) de Mato Grosso do Sul entre as instituições financeiras autorizadas a efetuar a distribuição de recursos do Fundo Constitucional do Centro-Oeste (FCO).

O parlamentar afirmou que a Lei 10177 de 2001 que dispõe sobre as operações com recursos dos Fundos Constitucionais de Financiamento do Note, do Nordeste e do Centro-Oeste, de que trata a Lei 7827 de 1989 permite que os bancos administradores repassem recursos dos Fundos Constitucionais a outras instituições financeiras autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil. “Essas instituições devem possuir capacidade técnica comprovada e estar operacional e administrativamente aptas a realizar em segurança e no estrito cumprimento das diretrizes e normas estabelecidas, programas de crédito dos Fundos Constitucionais, além de observar as diretrizes fixadas pelo Ministério”, explicou João Grandão ao fazer o pedido da inclusão do Sicredi-MS.

“Cabe aqui destacar que o Sicredi como cooperativa de crédito é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil, é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central. Trata-se de uma instituição que, há tempos, opera todas as linhas de crédito do BNDES direcionadas para o agribusiness além de promover, com autorização da Secretaria do Tesouro Nacional do Ministério da Fazenda, equalizações de recursos para o crédito rural e distribuir significativa parte dos recursos do Pronaf/FAT”.

João Grandão afirmou que o Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, após exaustiva discussão com técnicos da Secretaria de Estado da Produção, entendeu que o Sicredi, sistema de cooperativas de crédito rural e banco cooperativo, está apto a distribuir, juntamente com o Banco do Brasil, recursos do FCO aos empreendedores do Estado e que a adoção de tal medida facilitará sobremaneira o acesso ao crédito rural a todos os interessados.

O credenciamento do Sicredi, como agente oficial a operar os recursos do FCO, será de inestimável importância para o desenvolvimento do agronegócio em Mato Grosso do Sul, finalizou João Grandão que é membro da Comissão de Agricultura da Câmara Federal.

 

 

Fátima News

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOENÇA INFECCIOSA
Presos que estavam sendo 'comidos vivos' por doença são internados
HABITAÇÃO
Prefeita troca carnaval por doação de 52 moradias populares e ajuda a famílias carentes
ACIDENTE FATAL
Carreta sem freios atravessa pista, bate em dois carros matando 3 pessoas
TRAGICO ACIDENTE
Carro roda na pista e mata Pai e filha em trágico acidente
PEDOFILIA
Polícia prende pedófilo após pai se passar pela criança em conversa no WhatsApp
BURROCRACIA
Mulher sem mãos tem benefício negado por não poder assinar papel
MANÍACO DE MARITUBA
Adolescente faz sua segunda vítima atraída por promessas de emprego
100 TRANSPARÊNCIA
Brasil repete nota e piora em ranking de corrupção em 2019
ABSURDO - BRASIL
Homem morre em motel durante relação sexual com a filha
VAMOS AJUDAR - COMPARTILHE
Família oferece recompensa de R$ 5 mil a quem encontrar idoso desaparecido