Menu
SADER_FULL
terça, 23 de abril de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Grandão é o patrono da nova turma de soldados da PM

10 Set 2004 - 07h59

O deputado federal João Grandão (PT-MS) é o patrono da turma do Curso de Formação de Soldados da Polícia Militar, cuja formatura acontece hoje (10/09) às 09h no quartel do 3º Batalhão da Polícia Militar em Dourados. Na mesma solenidade acontecem as comemorações alusivas aos 169 anos de criação da corporação.

Veja a íntegra da mensagem de João Grandão ao novos soldados e demais integrantes da Polícia Militar: É com muito orgulho e satisfação que nesta inspiradora manhã para a sociedade sul-mato-grossense participo das comemorações alusivas os 169 anos da Polícia Militar, uma das mais respeitadas instituições que cuida com amor e seriedade da árdua missão de garantir a preservação da ordem pública e o policiamento ostensivo de todo o território estadual com mais de 358 mil quilômetros quadrados e uma faixa de fronteira com 1517 Km de extensão.

Mais importante que rememorar a história desta briosa corporação, é termos a certeza que o Governo do Estado atende as reivindicações da comunidade douradense e possibilita a inclusão de sessenta novos policiais, que se formam hoje e colocam-se a serviço desta comunidade. Agradeço a deferência de ser escolhido o patrono desta turma de jovens, que atenderam ao chamado da vocação e, depois de um longo período de preparação, está apta a atuar em defesa da ordem, da paz e da cidadania plena.

Acreditamos que estes jovens policiais vão fazer valer o legado deixado pelo alferes José Joaquim da Silva Xavier, o “Tiradentes”, patrono da Polícia Militar que em vida mostrou que é possível uma nova sociedade livre dos grilhões da insensatez, da hipocrisia e do imperialismo por um mundo onde a liberdade prevaleça, ainda que tardiamente, conforme atesta o lema da bandeira dos inconfidentes: “Liberdade ainda que tardia”.

Auguramos felicidade nesta nova missão e que contribuam cada vez mais para o engrandecimento desta corporação, nascida a cinco de setembro de 1835 pelo então governo da extinta Província de Mato Grosso, com o nome de “Homens do mato”, tal era a situação do território, cheios de florestas e habitados por índios.

A Polícia Militar, ao longo destes 169 anos evoluiu sem precedentes. De Homens do Mato, passou a se chamar durante a Guerra do Paraguai como “Companhia de Pedestres” e mais tarde com a proclamação da República passou a denominar-se “Força Pública”, para então, finalmente em 25 de julho de 1497, transformar-se na atual Polícia Militar. Neste período a instituição solidificou-se e, hoje, sem sombra de dúvida é a mão amiga em defesa dos direitos constitucionais.

Senhoras e Senhores, agradeço a Deus, este ser  superior que nos Deus a Vida e a condição de estar hoje nesta solenidade; e ao comando da Polícia Militar por podermos compartilhar de momentos como esse que emociona a todos e nos dá a certeza de que a segurança não é só feita pela Polícia Militar e sim por toda a sociedade, pois como diz o ecólogo e psiquiatra francês Marc Cédron "É preciso que o policial militar, assim como o político, seja, antes de tudo, o Cidadão, pois, só isso determinará uma Segurança Pública integrada ao Todo social e impedindo que, em nome de ‘justiça’ de um Poder de poucos, se faça Terrorismo contra a Humanidade!" Colaborou Nicanor Coelho.

 

Fátima News

Deixe seu Comentário

Leia Também

COMOÇÃO NAS REDES SOCIAIS
Morte de criança de 11 anos e de universitária em batida de carro causa comoção
IMAGENS FORTES
Homem se joga dentro de carro em chamas e morre após suposta traição da mulher
MENORES INFRATORES
Família de motorista de aplicativo rastreia carro e ajuda a desvendar crime bárbaro
POPULAÇÃO AGIU
Deficiente físico que vendia amendoim é assaltado
CAMPO BELO RESORT - PACOTE DIA DAS MÃES
Campo Belo Resort com pacote especial para Dia das Mães, confira e faça sua reserva
REVOLTANTE
Menina de seis anos que sumiu enquanto dormia é achada morta
100 GREVE
Governo fecha acordo com caminhoneiros e evita paralisação
CRÔNICA DA SEMANA
CRÔNICA DA SEMANA: 'Precisamos redescobrir o Brasil', por Luciano Gazola
CRUELDADE
Criança tinha o pênis amarrado com elástico e era torturada pelo pai e a madrasta
MORTE TRÁGICA
Adolescente de 13 anos morre após sofrer queda de bicicleta