Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 12 de dezembro de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Governo triplica investimento em segurança e reforça efetivo nas ruas

23 Ago 2010 - 10h18Por Fátima News com assessoria

Nos primeiros três anos e seis meses de administração, o governador André Puccinelli triplicou o investimento anual em obras da área de segurança pública, viaturas, armamentos, além de ter contratado por concurso segurança 2.279 policiais, entre policiais militares, civis, bombeiros e agentes penitenciários. Foram investidos quase R$ 100 milhões (exatos R$ 99,8 milhões), uma média anual de R$ 27,30, 329% a mais que a média aplicada entre 1999 e 2006 durante a administração petista, que totalizou em oito anos R$ 72,3 milhões de investimento.

 

O orçamento da Secretaria de Justiça e Segurança Pública, computando o sistema penitenciário, passou de R$ 412,05 milhões em 2006, para R$ 699,82 milhões, incremento de 69%. Com maior efetivo, viaturas novas e reforço no armamento, a Polícia passou a ter uma atuação mais forte nas ruas. O reflexo é a redução dos índices de criminalidade.

 

Em duas gestões, entre 1999 e 2006, o governo anterior investiu R$ 37.824.59,49 em obras na área de segurança. Na administração André Puccinelli já foi aplicado R$ 49.272.771,73, dinheiro usado em obras como a construção de seis prédios para a Polícia Militar, reforma e ampliação de outras 15; construção de uma delegacia e de 14 agências municipal do Detran.

 

Segundo o secretário de Segurança, Wantuir Jacini, em 2007, no início da atual gestão, a Polícia Militar tinha um efetivo de 3.500 homens, menor que da PM de Mato Grosso, estado vizinho, com uma população um pouco maior que a sul-mato-grossense, com 4.800 policiais. A PM ganhou o reforço de 1.616 policiais, uma média de 451 policiais por ano. Em oito anos, o governo anterior contratou 821 policiais, média anual de 102 contratações. André adquiriu 863 viaturas (entre motos e veículos), mais do que as 821 compradas durante os oito anos da administração passada. A compra das viaturas custou R$ 44.320.808,51. Foram adquiridas 3.995 armas e 2.358 equipamentos de segurança, mais R$ 6,1 milhões investidos, ante R$ 3,1 milhões (na gestão anterior), além de 1 milhão de unidades de munição destinadas ao treinamento e utilizadas nas operações.

 

Além de aumentar o efetivo e melhorar as condições de trabalho dos policiais, o Governo optou, como arma para reduzir a criminalidade,  implantar a filosofia da polícia comunitária que estabelece uma relação mais próxima dos policiais militares com a comunidade. Jacini explica que na capital já foram ativadas quatro bases comunitárias de segurança localizadas nos bairros Nova Lima, Coophasul, Aero Rancho e Coophavila II. “No bairro Nova Lima reduzimos em mais de 40% a violência com crimes de assalto, furto e, principalmente, homicídio. Com a filosofia da policia comunitária, o policial visita a comunidade e os comerciantes para estabelecer um canal de comunicação mais estreito. Isso cria confiança do cidadão e dá oportunidade de o policial ter acesso às informações  de pontos de drogas, por exemplo, ou de pessoas suspeitas”, explicou.

 

Durante as visitas ao comércio e com a comunidade, os policiais deixam o número do celular para a comunicação direta. “É a possibilidade de um contato maior com o cidadão numa relação de cumplicidade. Isto facilita o contato quando a comunidade precisar dos policiais militares com mais rapidez”, justificou. Segundo o comandante geral da PM, Coronel Carlos Alberto David, está sendo estudada a ativação de outras seis bases comunitárias, mas ele já adiantou que o bairro Jardim Los Angeles será o próximo contemplado. “No Los Angeles é uma obra emblemática. Vamos reformar o prédio da PM localizado ao lado da Escola Estadual Marçal de Souza Tupã-Y e construir um salão para reuniões da comunidade”, revelou.

 

Dentro desta filosofia a comunidade está participando do planejamento das ações policiais, como no final do ano numa reunião com a Associação Comercial de Campo Grande e a Câmara de Dirigentes Lojistas. “Eles participaram do planejamento das ações para a operação durante os festejos natalinos e do reveillon”, lembrou.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

DICAS DE MARKETING
5 dicas de marketing para um negócio de dropshipping
CRIME HEDIONDO
Câmera flagra ataque de suspeito de estuprar garota de 14 anos em SP; vídeo
TERROR
Ataque dentro da Catedral deixa ao menos cinco mortos em Campinas
REVIDE
Passageiro atropelado por motorista de aplicativo após vomitar em carro está em coma
A SERVIÇO DE DEUS
Angela Bismarchi festeja diploma para ser pastora: ‘Eu era pecadora e não sabia’
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Luz dá caixa com terra de cova de Gabriel para Valentina
INTOCÁVEL
PF pediu prisão domiciliar de Aécio, Cristiane Brasil e Paulinho da Força, mas PGR e STF não concede
DICA DO DIA
Como obter uma autorização de residência no Brasil
CENTRO ESPÍRITA
Médium é acusado de Abusos Sexuais em crianças
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Nicolau leva surra de chicote no bordel