Menu
SADER_FULL
quinta, 20 de setembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

Governo quer reduzir preço do livro em 10%

21 Dez 2004 - 15h24
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou hoje a lei que isenta livrarias, editoras e distribuidoras de livros do pagamento de impostos e taxas. A medida isenta o setor de uma carga fiscal que varia de 3,65% a 9,25% na forma de contribuições como PIS/Pasep e Cofins.

A expectativa do governo com a medida é atrair investimentos para o setor e reduzir o preço das obras literárias em até 10% nos próximos quatro anos.

O governo deixará de arrecadar R$ 160 milhões anuais com a isenção, mas, em contrapartida, os editores terão que contribuir com 1% sobre a venda de livros no país para criar um fundo de estímulo à leitura.

A desoneração fiscal faz parte do Plano Nacional do Livro e Leitura, que será lançado no ano que vem. A iniciativa quer ampliar em 50% a média de leitura dos brasileiros nos próximos três anos, o que equivale a 1,8 livro lido por habitante por ano.

Durante a solenidade de sanção da lei no Palácio do Planalto, Lula, o ministro da Fazenda, Antonio Palocci, e o presidente do Senado, José Sarney, receberam o título "Amigo do Livro 2005", concedido pela Câmara Brasileira do Livro, pelas ações desenvolvidas nas áreas de cultura e educação.
 
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

REALITY SHOW
“A Fazenda 10”: Gabi Prado passa mal e Nadja vira alvo dos participantes
SURRA
Video: Homem faz proposta sexual e é agredido de cinta no meio da rua
REALITY SHOW
Em 1ª dia de 'A Fazenda', Ana Paula ganha carro e vira meme
ABANDONO
Dois dias sem comer: irmãos de 2 e 4 anos são encontrados sozinhos em casa
PESQUISA ELEITORAL
Ibope: Haddad cresce em todos os segmentos; Bolsonaro só entre os mais ricos
BARBÁRIE
Corpo de Adolescente desaparecida há 11 dias é encontrado em Lixão
NOVELA GLOBAL
Karola e Laureta viram inimigas mortais em ‘Segundo sol’, e traz sérias consequências para ambas
ALCOOLISMO
Menino de 9 anos é expulso de casa pela mãe alcoólatra por se recusar a roubar, no DF
LATROCINIO
Tentativa de assalto termina com pai morto e filho baleado
MENOR INFRATOR
Cobradora é apedrejada em assalto e adolescente é detido pela 4ª vez