Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 9 de dezembro de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Governo quer pólo de pesquisa canavieira em MS

14 Abr 2007 - 11h13
Prevendo um crescimento de mais de 620% na produção de cana-de-açúcar até 2012, saindo de 15,7 para 98,8 milhões de toneladas, o governo de Mato Grosso do Sul já pensa em aprimorar o segmento com a instalação de um pólo de pesquisa no Estado.

A informação é do superintendente de Seprotur (Agricultura e Pecuária da Secretaria de Produção), João Carlos Krug, que no início da semana esteve em Piracicaba-SP conhecendo o CTC (Centro de Tecnologia Canavieira).

A visita, segundo João Carlos, foi para avaliar os trabalhos de pesquisa desenvolvidos pelo CTC e trocar informações quanto à possibilidade de instalar um pólo de tecnologia em Mato Grosso do Sul. Além do superintendente, representantes da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado), Cooagri (Cooperativa Agropecuária e Industrial) e da Fundação MS também integraram o grupo que foi a Piracicaba.

“O governo não minimizará esforços para atrair ferramentas que possam alavancar não só a produtividade, mas a eficiência agrícola e industrial da cadeia da cana”, garante Krug ao apontar a pesquisa e a tecnologia como primordial para melhorar a produtividade e aumentar o período da safra de cana, concentrada entre os meses de abril e novembro, diminuindo assim a ociosidade das usinas.

Desde o início do ano a Seprotur vem fazendo gestões no sentido de viabilizar uma unidade do CTC para Mato Grosso do Sul. O primeiro contato efetivo aconteceu em janeiro, durante o Showtec, em Maracajú.

Na oportunidade foi realizada uma reunião entre o coordenador do Centro de Tecnologia, Tadeu Andrade, com lideranças rurais, instituições bancárias, políticos ligados ao agronegócio, pesquisadores e a secretária de Produção, Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias.

Tereza ressaltou, naquela ocasião, que o setor passa por uma fase de estruturação. “Este é um momento de organização e a viabilização do pólo permitirá o desenvolvimento de cultivares aptas para cada região do Estado. Se levarmos em consideração o potencial que já possuímos, poderemos dizer que estamos um passo a frente, pois o aprimoramento produtivo faz toda a diferença”, ponderou.

Conforme explicou Krug, a possibilidade de o CTC instalar unidades de pesquisa em Mato Grosso do Sul é grande, porém, para que isso ocorra, o Centro necessita de um número expressivo de associados. “Iremos fazer gestões junto aos empresários do setor e produtores de cana-de-açúcar no sentido de viabilizarmos juntos esse empreendimento”, frisa ele ao lembrar que algumas indústrias do Estado, inclusive, já são associadas ao CTC.

HISTÓRICO

O CTC é uma associação civil de direito privado criado em agosto de 2004. O objetivo de realizar pesquisa e desenvolvimento em novas tecnologias para aplicação nas atividades agrícolas, logísticas e industriais dos setores canavieiro e sucroalcooleiro e desenvolver novas variedades de cana-de-açúcar. Com atuais 146 unidades associadas, as mesmas são responsáveis pela produção de cerca de 60% da produção de cana-de-açúcar do País.

 

 

Diário MS


Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSIDADES
Bruna Marquezine posta de biquini e aproveita dia de sol no rio após volta para casa
ASSASSINATO
Atentado em aldeia deixa dois índios mortos e dois feridos
FAMOSIDADES
Samantha Schumutz e Marcus Majela brigam feio nos bastidores e são apartados por equipe
FOREX NO BRASIL
Como Investir em Forex no Brasil
SONHO DE CONSUMO
Cota para comprinhas no Paraguai vai para mil dólares
REVELADO
Débora Falabella posta foto e assume namoro com o ator Gustavo Vaz: "Amor com poesia"
BOM REMÉDIO
Anvisa aprova registro e produção de remédios à base de cannabis
CIDADES
Projeto permite venda de remédios em supermercados
CANAL 1 - FLÁVIO RICCO
Formato do “Big Brother Brasil 20” ainda é um grande mistério na Globo
CONCESSÃO
Consórcio Way-306 pagará R$ 605,4 milhões para administrar rodovia por 30 anos