Menu
SADER_FULL
sábado, 25 de janeiro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
BANNER BET
Brasil

Governo promove curso de defesa civil no próximo sábado

14 Jul 2004 - 08h50
No próximo sábado a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil estará realizando o segundo Cursos de Agente Voluntário de Defesa Civil. O objetivo do curso é capacitar 300 agentes em um ano. Os voluntários receberam noções básicas de defesa civil, primeiros socorros, combate a incêndio florestal e acidentes domésticos, a fim de auxiliar em situações de emergências e calamidade pública. Também receberão treinamento para ameaças em potencial, vulnerabilidade e locais de risco. O curso será ministrado a 50 agentes de saúde, no centro comunitário da Moreninha III das 14 h às 18 h, em Campo Grande.

De acordo com o coordenador estadual da Defesa Civil, coronel bombeiro João Alves Calixto, até o fim do mandato do governador Zeca do PT, a intenção é de formar mil agentes. “Neste primeiro ano a Defesa Civil tem dois objetivos. O primeiro é o de conscientizar o cidadão quanto à importância e necessidade da defesa civil. O segundo é a fiscalização de transporte de produtos perigosos em nossas rodovias e ferrovias, uma vez que temos a expectativa de um grande fluxo de cargas por conta do corredor bioceânico que deve ser realidade em breve”, explica o coronel.

Conforme Calixto, é uma exigência do Ministério da Integração Nacional que o Estado e os municípios tenham uma defesa civil, caso contrario, em uma situação de emergência não poderão receber recursos da União. “Também temos a função de orientar projetos para a captação de recursos para fins emergenciais”, detalha Calixto.

“O governo do Estado, com apoio do secretário Paulo Duarte (Coordenação Geral do Governo) teve a sensibilidade de criar a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, que nasceu dentro da estrutura da Secretaria de Governo, para ser o braço do governador a agir imediatamente em uma situação de emergência”, disse o coronel.

A Coordenadoria também está trabalhando para a criação de um fundo de emergência. Segundo Calixto, não adianta ter a estrutura pronta se não há recursos para a implementação das ações em caso de uma calamidade pública. “Com o fundo, o governador pode atender de pronto qualquer solicitação que possa surgir e ainda servir de contrapartida para os recursos federais”, esclarece.
 
Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

SUPERAÇÃO
Ser diagnosticado 5 vezes com câncer em 15 anos não foi capaz de parar campeão paralímpico
SUSTO
Palco de Gusttavo Lima pega fogo durante show em Pernambuco
É MUITO PLÁSTICO
Brasil produz mais de 11 milhões de toneladas de lixo plástico
CASOS RAROS
Duas crianças morrem em uma semana, após sofrer AVC, preocupa classe médica
REALITY SHOW 2020
Participante do BBB20, médica sugeriu que mataria Dilma “em seu plantão”
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Três crianças morrem e uma mulher fica ferida durante incêndio em casarão
ESPORTE 2020
Opção de 'Cashout' atrai apostadores iniciantes
FUTEBOL 2020
Coritiba anuncia novo patrocinador máster para 2020
DOENÇA INFECCIOSA
Presos que estavam sendo 'comidos vivos' por doença são internados
HABITAÇÃO
Prefeita troca carnaval por doação de 52 moradias populares e ajuda a famílias carentes