Menu
SADER_FULL
sábado, 26 de maio de 2018
PASSARELA
Busca
DR. SHAPE
Brasil

Governo prevê R$ 60 milhões para hospitais de AL e PE

29 Jun 2010 - 12h11Por G1

O Ministério da Saúde calculou em R$ 60 milhões o volume de recursos necessários para recuperar hospitais e unidades de saúde atingidas pelas enchentes em Alagoas e Pernambuco. O balanço dos prejuízos foi divulgado nesta terça-feira (29), por Guilherme Franco Neto, diretor de Vigilância Ambiental e Saúde do Trabalho do ministério.

Em Alagoas e em Pernambuco, 157 mil pessoas estão fora de casa devido às chuvas que atingem a região desde a semana passada. O número de mortes causadas pelas enchentes, nos dois estados, chegou a 54, de acordo com o que foi divulgado pela Defesa Civil nesta segunda-feira (28).

"O Ministério da Saúde estimou em R$ 30 milhões em cada estado o volume de recursos necessários para reconstruir os hospitais e postos de saúde atingidos", disse Franco Neto. Segundo ele, os recursos devem ser liberados por meio de medida provisória, que será assinada nos próximos dias pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O volume exato de recursos será definido no final do dia, quando o Ministério da Saúde concluir o balanço total dos prejuízos.

De acordo com o diretor do Ministério da Saúde, Alagoas foi o estado que sofreu mais prejuízos. Em 20 municípios do estado, as unidades básicas de saúde não funcionam ou funcionam parcialmente, devido aos estragos causados pelas chuvas. Em Pernambuco, dois hospitais foram atingidos.

Em reunião nesta terça-feira, no Ministério da Saúde, também foi discutida a necessidade de reforçar a segurança sanitária e epidemiológica. Segundo Franco Neto, em Pernambuco, já foi confirmado o primeiro caso de leptospirose.

Para evitar que novos casos ocorram, o Ministério da Saúde vai trabalhar em conjunto com a Defesa Civil. Agentes de saúde levarão cartilhas do ministério com informações sobre como evitar doenças. Foram enviadas 10 mil cartilhas para cada estado.

A Defesa Civil vai adquirir cloro para desinfetar as casas, muitas delas com lama, o que facilita a contaminação da água e dos alimentos.

O governo já enviou 22 kits de saúde para Alagoas e 53 para Pernambuco. Cada um atende a 1500 pessoas e contém antibióticos, seringas, antitérmicos, gases, luvas, esparadrapos e outros materiais médicos. Nesta segunda-feira foram enviadas mais 200 mil doses de vacinas, 13 mil diluentes e mil unidades de soros antitetânicos para o estado de Alagoas. Pernambuco já havia recebido 500 mil vacinas nos últimos dias.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PARALISAÇÃO
Petroleiros do Pais inteiro anunciam greve "Vamos parar todas as Refinarias"
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Laureta transa com Ícaro e fica encantada
FÁTIMA DO SUL - FOTO DO DIA
FOTO DO DIA: Carreata dos caminhoneiros vista de cima em Fátima do Sul
FÁTIMA DO SUL - GREVE JÁ PREOCUPA
Situação já preocupa o setor alimentício 'Acendemos a luz vermelha', diz empresário em Fátima do Sul
FÁTIMA DO SUL - BUZINAÇO NA AVENIDA
Ao som do Hino Nacional, população e caminhoneiros fazem 'buzinaço' em Fátima do Sul
AGORA - DECISÃO DO PRESIDENTE
#AGORA: Temer aciona Exército 'forças federais' para desbloquear estradas
FÁTIMA DO SUL - CARREATA DOS CAMINHONEIROS
Caminhoneiros preparam carreata e conclamam o comércio para que fechem as portas em Fátima do Sul
COPA DO MUNDO
Dias de jogos do Brasil na Copa do Mundo não serão feriado
FÁTIMA DO SUL - PROTESTOS CONTINUAM
Bloqueios continuam e caminhoneiros convocam população para 'Parar Fátima do Sul'
VANDALISMO NÃO!
Caminhão é incendiado por manifestantes durante protesto contra aumento de combustível