Menu
LIMIT ACADEMIA
domingo, 24 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Governo prevê que dívida de MS terá queda até 2007

14 Jul 2004 - 15h55
O estoque da dívida de Mato Grosso do Sul com a União deve ter um leve decréscimo até 2007, conforme a LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias), sancionada hoje pelo governador Zeca do PT. Conforme a previsão divulgada na lei, em 2004, o valor da dívida deve fechar o ano em cinco bilhões e setecentos e setenta e dois milhões de reais. Para 2005, a previsão é o valor aumente um pouco, passando a cinco bilhões setecentos e oitenta e cinco milhões, para depois reduzir, em 2006, para cinco bilhões e setecentos e setenta e quatro milhões.

Em 2007, por fim, a previsão é de que o estoque da dívida seja de cinco bilhões e setecentos e quarenta e cinco milhões de reais, cerca de 0,5% a menos que o atual montante. O relatório sobre a dívida que consta da lei aponta que de 2002 para 2003, época em que o dólar disparou, houve o maior acréscimo no valor devido pelo estado. Ele foi ampliado de cinco bilhões e quatrocentos e cinquenta e um milhões de reais para cinco bilhões e seiscentos e cinquenta e dois bilhões de reais, ou seja: 4% a mais. Em valores, o salto é de R$ 211 milhões.
A LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal) determina que os estados podem dever o equivalente a duas vezes a receita liquida que, para Mato Grosso do Sul, é estimada em R$ 4,3 bilhões para o próximo ano, o que representa 75% do montante da dívida. O Estado renegociou seus débitos com a União em 1998. O contrato é reavaliado a cada ano e existem seis metas a serem cumpridas, uma delas referente ao gasto com pessoal. Os técnicos de Tesouno Nacional fizeram a análise em maio, mas o resultado ainda não saiu.
 
 
Grande FM

Deixe seu Comentário

Leia Também

PEDOFILIA
Babá de 15 anos recebia dinheiro para ter relações com patrão
PREOCUPANTE
Mineradora declara situação de emergência em barragem de Araxá
INTOLERANCIA RELIGIOSA
Delegado solicita ida à casa do 'BBB 19' para interrogar Paula, investigada por intolerância
RESUMO DAS NOVELAS
Mercedes convoca Murilo para uma conversa
CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico