Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 20 de novembro de 2018
SADER_FULL
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

Governo pretende apoiar o crescimento do setor aviário em MS

29 Ago 2007 - 05h30
O governo do Estado recebeu, nesta manhã (28), empresários do setor de aves de corte de Mato Grosso do Sul e o representante da Câmara Setorial de Avicultura de MS, para tratar de demandas destinadas ao crescimento do setor. O governador André Puccinelli recebeu os produtores de aves e demonstrou interesse em apoiar o crescimento do setor no Estado.

     Segundo informações do Ministério da Agricultura, Mato Grosso do Sul teve queda de 3% no crescimento de produção e abate de frango, nos últimos três anos, enquanto que o crescimento nacional foi de 36%.

     De acordo com o governador, medidas já estão sendo tomadas para retomada do crescimento da avicultura no Estado, como agilidade no licenciamento para construção de novos aviários, entrega de patrulhas mecanizadas para os municípios e a redução da tarifa de energia elétrica para as indústrias. “Estamos, junto com a CPI da Enersul, viabilizando a redução de 5% da energia para as indústrias, e 3% para as residências, desde que haja interrupção do uso em determinados períodos” afirmou André. O Governador também confirmou o repasse de patrolas, pás carregadeiras e caminhões para os 78 municípios de MS, a partir de outubro. A entrega será pública, ressalta André e viabilizará a melhorias nas rodovias para escoamento de produção de aves.

     Entre as propostas entregues ao Governador, pelo setor aviário de MS, estão: a redução da carga tributária, a melhoria na infra-estrutura, com pavimentação e construção de novos aviários e a redução de tarifa de energia. O setor pretende, até 2010, abater 819 mil aves/dia, representando um crescimento de 73%, além da construção de 690 aviários de corte e 182 de matrizes e a geração de 3,3 mil empregos diretos e 7.8 mil indiretos.

     Segundo o presidente da Câmara Setorial de Avicultura, Albenah Garcia Filho, a proposta é buscar um suporte do Governo para crescimento do setor. “A avicultura não vai bem em MS. Temos um frete caro, alto preço da energia, estradas vicinais sem condições. O Governo já tem nos auxiliado com agilidade nas licenças ambientais e liberação dos créditos do FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste) juntamente com o Banco do Brasil” declarou Albenah, que mencionou, ainda, o crescimento de Estados vizinhos (Minas Gerais, Paraná) no setor aviário, constatando que MS necessita de investimentos e incentivos para o setor.

      Estiveram presentes durante a reunião, realizada no gabinete do Governador, pela manhã, a secretária de Estado de Produção de Turismo (Seprotur) Tereza Cristina; João Carlos Krug, coordenador de Agricultura da Seprotur; André Luis Barros, do grupo Doux; Paulo Muniz, da Comaves Frango Vit; Ivonei Durigon e Éderson Vicari, da Seara Alimentos; Nerci Frohlich, da Eleva Alimentos; Flávio Henrique Silva, do grupo Cobb Vantress Brasil; Lauir Paludo, da Frango Belo; Jovino Puerari, da Frango Sul; André Ferreira, da Agencia Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro); Eraldo Jorge Leite, da Associação dos Municípios de MS (Assomasul) e Caio Neves, superintendente do Banco do Brasil.

 

 

MS Notícias

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem que matou filho para defender a nora comete suicídio
INJUSTIÇA
Familiares prestam homenagem a laçador de cães que morreu após ser hostilizado
FORAGIDO
Mulher é morta a facadas pelo ex-marido, que não aceitava fim de relacionamento
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Valentina conta a Egídio que Gabriel é filho dele
CRUELDADE
Idosa de 106 anos é assassinada a pauladas no Maranhão
NOVO GOVERNO
Desistência de general para ministério leva crise ao QG de Bolsonaro
ASSASSINATO
Câmeras flagram dupla efetuando mais de 30 tiros contra homem; veja o vídeo
TRISTEZA
Menino de 10 anos comete suicídio após a prisão do pai
MALDADE
Câmera de segurança flagra homem colocando fogo em casinha comunitária para cachorros
FATIMASSULENSES EM UBATUBA (SP)
Fatimassulenses, alunos do Vicente Pallotti fazem curso de biodiversidade marinha em Ubatuba (SP)