Menu
LIMIT ACADEMIA
quinta, 20 de junho de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Governo paraguaio se esforça para dar lista oficial de morto

5 Ago 2004 - 17h06
O governo paraguaio se esforça para anunciar a lista definitiva de mortos no incêndio que no domingo passado arrasou um hipermercado de Assunção, cujo número ronda os 400, segundo diversas fontes oficiais.
   "As listas parciais examinadas pelo Comitê de Emergência Nacional têm omissões, duplicações de nomes e outros erros que devem ser ajustados antes de oficializar os dados", afirmou hoje o diretor do organismo, Manuel Sarquis.
   
   Sarquis disse em entrevista coletiva que o Comitê trabalha desde ontem na consolidação da lista oficial, que é contraditória dependendo da fonte de informação: polícia, procuradoria e equipes de socorro.
   
   Em um lista difundida pela procuradoria em sua página na Internet, o número de mortos, praticamente todos carbonizados, é de 465, mas o vice-ministro de Segurança Interna, Eustaquio Colmán, afirmou hoje que foi detectado repetição de nomes.
   
   "Encontrei 82 nomes repetidos e até o momento temos 345 pessoas identificadas", segundo Colmán.
   
   A lista de pessoas dadas como desaparecidas oscila em cerca de cem.
   
   O que se sabe com exatidão é a quantidade de internados nos hospitais de Assunção, cujo número chega a 187. Deles, cerca de 40 são menores de 18 anos.
   
   Sarquis explicou que o governo precisará de pelo menos três milhões de dólares para a assistência médica e legal dos feridos e atenuar as necessidades de seus familiares, muitos dos quais têm poucos recursos.
   
   O Comitê registrou até hoje doações no valor de 340.000 dólares, mas Sarquis não informou se estão incluídas as provenientes do exterior ou de organismos.
   
   Pouco depois da tragédia, o governo de Taiwan anunciou uma doação de 150.000 dólares, o Banco Interamericano de Desenvolvimento outra de 50.000, enquanto a Confederação Sul-americana de Futebol doou 100.000 dólares.
 
EFE

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIOLENCIA DOMESTICA
Jovem que agrediu a própria mãe por não poder ir a baile funk é presa
ATAQUE CANINO
Criança de dois anos é morta no quintal de casa por cachorro rottweiler
INFANTICIDIO
Padrasto teria sentado em cima da cabeça de bebê que morreu,foi espancado na cadeia
SOB INVESTIGAÇÃO
Jornalista do site Lei Seca Maricá foi assassinado com 3 tiros
VIDA SEDENTARIA
OMS alerta: Criança menor de 3 anos não deve ficar nem um minuto em tablet ou celular
HOMICIDIO X SUICIDIO
Pai que matou o filho de 4 anos e se matou não se conformava com namoro da ex-mulher
DOENÇA DO SÉCULO
Jovem de 19 anos, com depressão comete suicídio e comove amigos
ASSASSINATO CRUEL
O massacre do menino Rhuan e o silêncio da grande mídia
FAMOSIDADES
Homem discute com mulher e mata bebê de quatro meses
SOLIDARIEDADE
Bebê nasce sem os olhos e mobiliza cidade do Paraná