Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 23 de agosto de 2019
SADER_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Governo manterá mistura de álcool na gasolina em 23%

19 Abr 2007 - 15h12

O ministro da Agricultura, Reinold Stephanes, disse que o aumento da mistura de álcool na gasolina está fora de cogitação, neste momento. Stephanes afirmou que a porcentagem de álcool na gasolina vai continuar em 23% e não em 25%, como quer uma parte dos usineiros. Ele reafirmou que o Brasil pode dobrar a produção atual de etanol em dez anos.

Para estimular a produção, parte da taxa extra cobrada para a entrada de álcool brasileiro nos Estados Unidos poderá ser revertida em pesquisas - o que é uma prioridade fundamental para o setor, segundo reconheceu o ministro. Este foi um dos assuntos em debate, esta semana, numa audiência entre Stephanes e o co-presidente da Comissão Interamericana para Produção de Etanol e ex-governador da Flórida, Jeb Bush.

Ainda segundo o ministro, o governo está atento à segurança do abastecimento interno de álcool. Apesar de não falar em números, Stephanes também disse que o ministério da Agricultura tem recursos suficientes e necessários para combater a febre aftosa, principalmente na região Centro-Oeste.

 

 

G1

Deixe seu Comentário

Leia Também

A CASA CAIU
Homem pede divórcio ao descobrir que não é pai de nenhum dos nove filhos
ESTADO GRAVE
Homem ateia fogo em mulher e filha de 4 anos 80% do corpo queimado
SURPRESA E FÉ
Homem que morava em uma barraca ganha casa reformada
JUSTIÇA PROPRIAS MÃOS
Suspeito de ter estuprado criança é assassinado por lideranças de bairro
ASSISTA A REPORTAGEM
Família da modelo Mylena Mendes, que morreu em acidente faz protesto no Fórum
NOVELA GLOBAL
Régis confessa que forjou DNA de Arthur em 'A dona do pedaço'
FOGO NA AMAZONIA
Macron diz que Bolsonaro mentiu, e Europa ameaça retaliar Brasil
TURISMO
Curtir a Cidade Maravilhosa com pacotes de viagens baratos
FUTEBOL - PAIXÃO NACIONAL
Uma estrutura confiável para resultados de futebol
POSSE DE ARMA
Posse de arma em toda extensão da fazenda é aprovada e segue para sanção