Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 15 de outubro de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Governo mantém amistoso da seleção brasileira no Haiti

16 Jul 2004 - 08h54
O Palácio do Planalto fechou na quinta-feira questão sobre a realização do amistoso da seleção com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva em Porto Príncipe, no Haiti, no dia 18 de agosto. Atualmente, o time brasileiro está disputando a Copa América, no Peru.

Sob alertas das equipes de segurança, Lula decidiu manter o jogo por não haver mais como voltar atrás, dada a ansiedade da população local a respeito da partida. O desejo pessoal do presidente, que recebeu a sugestão da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), também pesou na decisão.

O Brasil lidera a força de paz das Nações Unidas que tenta garantir a segurança no país, em convulsão política desde a saída do presidente Jean-Bertrand Aristide.

Na avaliação da equipe que calcula os riscos --integrada, entre outros, por Abin (Agência Brasileira de Inteligência) e Ministério da Defesa--, o problema não é a segurança pessoal de Lula, mas os riscos de pisoteamento e tumulto nas bilheterias do estádio e no trajeto do ônibus da seleção.

No cenário mais catastrófico colocado nesta quinta ao presidente, segundo a Folha de S. Paulo apurou, o governo trabalha com a presença de 500 mil pessoas nas imediações do estádio, número que o Planalto espera diminuir com a venda ou distribuição antecipada de ingressos, o isolamento do local no dia da partida e a instalação de telões por Porto Príncipe --tarefa que ficará a cargo da CBF.
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSASSINATO
Rapaz agride avós de adolescente que não quis namorar com ele; avó morreu
TRAGEDIA NA RODOVIA
Carro ocupado por sete pessoas se envolve em acidente; cinco morreram
REVOLTANTE
Menina de 11 anos é estuprada por detento ao visitar irmão em presídio
ACIDENTE FATAL
Douradense morre em acidente no RS
REALITY SHOW
A Fazenda 10: Ana Paula é eliminada e se manifesta contra Bolsonaro
FACÇÃO CRIMINOSA
Decapitada por Satã do PCC, jovem morreu por exigir respeito após roubo de chinelo
REVISTA VEJA
Pesquisa: Bolsonaro tem 54% dos votos válidos; Haddad, 46%
A FAZENDA
Fazendeiro Evandro Santo gera nova punição
COPA DO BRASIL
Corinthians promete maior prêmio de sua história por título
VIOLENCIA
Jovem não reage a assalto mesmo assim é baleado dentro de ônibus