Menu
SADER_FULL
terça, 11 de dezembro de 2018
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Governo mantém amistoso da seleção brasileira no Haiti

16 Jul 2004 - 08h54
O Palácio do Planalto fechou na quinta-feira questão sobre a realização do amistoso da seleção com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva em Porto Príncipe, no Haiti, no dia 18 de agosto. Atualmente, o time brasileiro está disputando a Copa América, no Peru.

Sob alertas das equipes de segurança, Lula decidiu manter o jogo por não haver mais como voltar atrás, dada a ansiedade da população local a respeito da partida. O desejo pessoal do presidente, que recebeu a sugestão da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), também pesou na decisão.

O Brasil lidera a força de paz das Nações Unidas que tenta garantir a segurança no país, em convulsão política desde a saída do presidente Jean-Bertrand Aristide.

Na avaliação da equipe que calcula os riscos --integrada, entre outros, por Abin (Agência Brasileira de Inteligência) e Ministério da Defesa--, o problema não é a segurança pessoal de Lula, mas os riscos de pisoteamento e tumulto nas bilheterias do estádio e no trajeto do ônibus da seleção.

No cenário mais catastrófico colocado nesta quinta ao presidente, segundo a Folha de S. Paulo apurou, o governo trabalha com a presença de 500 mil pessoas nas imediações do estádio, número que o Planalto espera diminuir com a venda ou distribuição antecipada de ingressos, o isolamento do local no dia da partida e a instalação de telões por Porto Príncipe --tarefa que ficará a cargo da CBF.
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

CENTRO ESPÍRITA
Médium é acusado de Abusos Sexuais em crianças
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Nicolau leva surra de chicote no bordel
COVARDIA
Mulher agride menino autista em playground e vídeo viraliza
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Nicolau descobre que Diana luta karatê e fica em choque
ACUMULOU
Ninguém acerta a mega-sena e prêmio acumula em R$ 30 milhões
VIOLENCIA
'Tiro, porrada e bomba': festa em universidade acaba em pancadaria e PM responde com violência
NOVELA GLOBAL
Gabriel confronta Valentina em “O Sétimo Guardião”
ARROCHO
Regra defendida por Bolsonaro tira R$ 1,1 mil por mês das novas aposentadorias
BARBÁRIE
Mulher é presa após atear fogo em cachorro
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Feliciano foi muito rico e ajudou Valentina no passado