Menu
LIMIT ACADEMIA
domingo, 25 de agosto de 2019
SADER_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Governo federal anuncia plano para acesso à Internet

8 Mai 2007 - 09h52

O ministro das Comunicações, Hélio Costa, anunciou ontem um 'acordo de cavalheiros' com as concessionárias de telefonia fixa para oferta de um plano alternativo de acesso à internet, por discagem, a partir do final de julho. O plano custará aos usuários R$ 7,50 por mês, já incluídos impostos, dando direito a 600 minutos de acesso no período de 30 dias.

O novo serviço começará a ser oferecido junto com a cobrança do serviço de telefonia fixa por minutos e não mais em pulsos. O plano básico de telefonia, que custa cerca de R$ 40,00, dará direito a utilização de 200 minutos em ligações. "As empresas ainda terão que submeter o novo serviço ao crivo da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), mas já há entendimentos para assegurarmos que ele será aprovado", afirmou o ministro.

Antes do anúncio, o ministro se reuniu com representantes das concessionárias de telefonia (Oi, Brasil Telecom, Telefônica, CTBC e Sercomtel) e da Abrafix (Associação Brasileira das Concessionárias de Telefonia Fixa) para fechar detalhes do novo serviço. A expectativa do governo e das empresas é que o plano beneficie cinco milhões de usuários de computadores que têm acesso discado à rede ou não acessam a internet . Outros cinco milhões de computadores no País já acessam a rede por meio de conexões banda larga.

Segundo Costa, o valor de R$ 7,50 representa um desconto de 80% no valor cobrado no acesso discado em horário comercial. O acordo fechado ontem prevê a manutenção dos descontos existentes nos horários chamados 'modulados' que são, por exemplo, entre meia-noite e 6 horas da manhã e aos domingos. 'O acesso pelo plano mais barato deve ser mais intenso nos horários comerciais', comentou Costa.

Para as concessionárias, o plano significa um investimento a longo prazo. Segundo o presidente da Abrafix, João Pauletti, as pessoas que aderirem a esse plano agora poderão, no futuro, contratar outros serviços cujos valores são mais altos, como o acesso por meio de banda larga.

 

 

Agência Estado

Deixe seu Comentário

Leia Também

A CASA CAIU
Homem pede divórcio ao descobrir que não é pai de nenhum dos nove filhos
ESTADO GRAVE
Homem ateia fogo em mulher e filha de 4 anos 80% do corpo queimado
SURPRESA E FÉ
Homem que morava em uma barraca ganha casa reformada
JUSTIÇA PROPRIAS MÃOS
Suspeito de ter estuprado criança é assassinado por lideranças de bairro
ASSISTA A REPORTAGEM
Família da modelo Mylena Mendes, que morreu em acidente faz protesto no Fórum
NOVELA GLOBAL
Régis confessa que forjou DNA de Arthur em 'A dona do pedaço'
FOGO NA AMAZONIA
Macron diz que Bolsonaro mentiu, e Europa ameaça retaliar Brasil
TURISMO
Curtir a Cidade Maravilhosa com pacotes de viagens baratos
FUTEBOL - PAIXÃO NACIONAL
Uma estrutura confiável para resultados de futebol
POSSE DE ARMA
Posse de arma em toda extensão da fazenda é aprovada e segue para sanção