Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 15 de novembro de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Governo estuda política de fomento à pecuária leiteira

27 Jun 2007 - 14h29
Os membros da Câmara Setorial do Leite, do Sindicato das Indústrias de Laticínios do Estado (Silems), Organização das Cooperativas do Brasil (OCB), Cooperativa Central Agroindustrial do Paraná (Confepar), Cooperativa de Produtores de Leite (Copaleite), Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), estiveram reunidos ontem com a secretária de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo (Seprotur), Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias, para discutir ferramentas de estímulo à produção de leite estadual.    

 

      Já há algum tempo o setor vem buscando solucionar gargalos antigos, a exemplo do tripé alimentação, sanidade e manejo, mas o que falta mesmo é uma política pública de assistência técnica ao produtor de leite, motivo da reunião.

 

      Hoje, a pecuária leiteira no Estado está dividida em oito bacias, sendo que a maior em produção é a do Bolsão, seguido das bacias de Campo Grande e Glória de Dourados. Com um rebanho próximo de 963.579 bovinos de leite, o Estado produz anualmente 508,7 milhões de litros de leite, segundo o coordenador da Comissão Estadual da Pecuária de Leite da Federação da Agricultura e Pecuária (Famasul), Denis Vilela.

 

     “As indústrias precisam ser nossas parceiras. Elas têm que exigir qualidade e levar esse conhecimento ao campo, e essa informação só acontece em parceria”, ressalta Vilela. E complementa: “cabe ao governo oferecer a infra-estrutura básica, capacitação e um programa de desenvolvimento do setor”.

 

     Segundo a secretária Tereza Cristina, o governo já comprou a idéia do leite e discute agora uma política ideal para este segmento. Ela afirmou que ainda essa semana o assunto será levado ao conhecimento do governador André Puccinelli.   

 

     Também participaram da reunião o superintendente de Agricultura e Pecuária da Seprotur, João Carlos Krug e o diretor-presidente da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer), José Antônio Roldão. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

AUMENTO DE LIMITE
Portaria que aumenta limite de compras no Paraguai é publicada, Confira novo valor
ENSINO ESTADUAL
Em escola, criança é impedida de ir ao banheiro e defeca na roupa
FORÇA DE VONTADE
Mulher proibida de estudar pelo ex-marido faz Enem e retoma sonho
JUSTIÇA
Suspeito de ameaçar Simone e Simaria nas redes sociais é preso no Rio Grande do Sul
RELACIONAMENTO AGRESSIVO
Vanessa Jackson relata agressões do ex-marido: "Tapava minha respiração até eu desmaiar"
ESCÂNDALO
Anitta curte balada em Las Vegas e deixa bumbum à mostra com look transparente
SONHO REALIZADO
Sinha Flor de Fátima do Sul ajuda noivos realizarem sonho em Santiago do Chile
MAGIA NEGRA
Bonecas penduradas em árvores e em cruz assustam moradores
BRASILEIRÃO
Flamengo só poderá ser campeão brasileiro após final da Libertadores; entenda
RETIRO DOS ARTISTAS
Ator de 'Roque Santeiro' pede abrigo no Retiro dos Artistas aos 81 anos: 'Quero ser feliz'