Menu
SADER_FULL
terça, 16 de outubro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

Governo entrega 222 moradias em Camapuã e Figueirão

2 Jul 2004 - 08h04
 

O secretário estadual de Infra-estrutura e Habitação, Carlos Augusto Longo, e o diretor-presidente da Agehab (Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul), Amarildo Cruz, devem entregar hoje 222 casas em Camapuã e Figueirão. São 207 unidades habitacionais feitas pelo projeto Tijolo por Tijolo: 180 em Camapuã e 27 em Figueirão. No Tijolo por Tijolo, o mutuário financia o material de construção pela CEF (Caixa Econômica Federal), o governo paga a mão-de-obra e o beneficiado ou a prefeitura contribui com o terreno.

As moradias de Camapuã tiveram investimento de R$ 1.045.120,62 e as de Figueirão R$ 135.030,00. As construções possuem dois quartos, sala, cozinha e banheiro distribuídos em 38,44 metros quadrados. As quinze unidades restantes estão em Camapuã e fazem parte do Programa Novo Habitar. Para estas casas foram utilizados recursos do Programa de Subsídio à Habitação, no total de R$ 147.690,03. As moradias possuem dois quartos, sala, cozinha e banheiro com 38,44 metros quadrados de área construída.

 

APN

Deixe seu Comentário

Leia Também

LUTO NO JORNALISMO
Morre Gil Gomes, jornalista policial, aos 78 anos, em São Paulo
SELEÇÃO BRASILEIRA
Brasil vence a Argentina com gol de Miranda nos acréscimos e conquista o Superclássico
HORARIO DE VERÃO
Início do horário de verão não será adiado, informa o Planalto
IBOPE PARA PRESIDENTE
Ibope para presidente, votos válidos: Bolsonaro, 59%; Haddad, 41%
ASSASSINATO
Rapaz agride avós de adolescente que não quis namorar com ele; avó morreu
TRAGEDIA NA RODOVIA
Carro ocupado por sete pessoas se envolve em acidente; cinco morreram
REVOLTANTE
Menina de 11 anos é estuprada por detento ao visitar irmão em presídio
ACIDENTE FATAL
Douradense morre em acidente no RS
REALITY SHOW
A Fazenda 10: Ana Paula é eliminada e se manifesta contra Bolsonaro
FACÇÃO CRIMINOSA
Decapitada por Satã do PCC, jovem morreu por exigir respeito após roubo de chinelo