Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 16 de setembro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Governo entrega 222 moradias em Camapuã e Figueirão

2 Jul 2004 - 08h04
 

O secretário estadual de Infra-estrutura e Habitação, Carlos Augusto Longo, e o diretor-presidente da Agehab (Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul), Amarildo Cruz, devem entregar hoje 222 casas em Camapuã e Figueirão. São 207 unidades habitacionais feitas pelo projeto Tijolo por Tijolo: 180 em Camapuã e 27 em Figueirão. No Tijolo por Tijolo, o mutuário financia o material de construção pela CEF (Caixa Econômica Federal), o governo paga a mão-de-obra e o beneficiado ou a prefeitura contribui com o terreno.

As moradias de Camapuã tiveram investimento de R$ 1.045.120,62 e as de Figueirão R$ 135.030,00. As construções possuem dois quartos, sala, cozinha e banheiro distribuídos em 38,44 metros quadrados. As quinze unidades restantes estão em Camapuã e fazem parte do Programa Novo Habitar. Para estas casas foram utilizados recursos do Programa de Subsídio à Habitação, no total de R$ 147.690,03. As moradias possuem dois quartos, sala, cozinha e banheiro com 38,44 metros quadrados de área construída.

 

APN

Deixe seu Comentário

Leia Também

MUNDO MEDONHO
'Pago boleto, compro calcinha': usuários de aplicativos de paquera relatam apuros e curiosidades
FAMOSIDADES
Belo sai de casa após flagrar traição de Gracyanne
ASSASSINATO
PM é torturado e morto após circular boato de que seria 'estuprador'
JULGAMENTO
PMs acusados de chacina taparam câmera de segurança antes do crime
CASO DE POLÍCIA
Catador de reciclável recebe mochila com bebê congelado dentro
LUTO NA MÚSICA
Cantor sertanejo morre após carro bater em árvore em rodovia de MS
FAMOSOS
David Brazil causa ao expor bumbum de Anitta sem ela saber
ACIDENTE FATAL
Câmera de segurança registrou acidente fatal de enfermeira. VEJA O VÍDEO
MONSTRUOSIDADE
Homem que matou mãe e filha em Cascavel escreveu carta. Bebê tomou mamadeira “batizada”
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Mulher e marido são presos suspeitos de estuprar menina de 11 anos que dormia na casa deles