MEGA_OKA_CARROS_
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 15 de Dezembro de 2017
DELPHOS_FULL
RIO_DOURADOS
3 de Setembro de 2004 14h05

Governo e sistema "S" vão qualificar trabalhadores

O Sistema “S”, formado pelo Sesi (Serviço Nacional da Indústria), Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial), Sesc (Serviço Nacional do Comércio), Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequena Empresa) e Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), pode ser o grande parceiro do governo do Estado no esforço para formar e qualificar os trabalhadores sul-matogrossenses e, desta forma, ocupar os postos de trabalho que serão abertos com a vinda de novas indústrias. Hoje pela manhã, o secretário de Coordenação Geral do Governo, Raufi Marques, e o presidente nacional do Sesi e presidente do Fórum do Sistema “S”, Jair Meneghelli, deram início às conversações para formação da parceria.

A reunião foi no gabinete de Raufi Marques e participaram, também, os secretários da Produção e Turismo, José Antônio Felício, e da Gestão Pública, Alberto de Mattos Oliveira. Meneghelli estava acompanhado do presidente da Fiems (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul), Alfredo Fernandes e do superintendente regional do Sesi, Heber Xavier.

Fernandes enfatizou que o Sesi já desenvolve um programa de formação profissional em 55 municípios do Estado, capacitando trabalhadores em 18 diferentes profissões. Essa mesma estrutura pode ser usada, em parceria com o governo do Estado, para treinar os funcionários das indústrias que estão chegando a Mato Grosso do Sul. “Os empresários reclamam da falta de mão-de-obra qualificada; esse é um problema para o empreendedor, que nem sempre dispõe de recursos ou tempo para formar sua equipe e acaba preterindo o Estado”, observou.

Só a Kepler Weber, por exemplo, vai empregar 500 trabalhadores em Campo Grande, e precisa que sejam profissionais capacitados, lembrou o secretário José Antônio Felício. “O governo, sozinho, não tem como bancar um programa dessa magnitude. São milhares de trabalhadores em todo o Estado que precisam de qualificação em diferentes funções. A parceria com o Sistema ‘S’ é fundamental.”

Meneghelli se comprometeu, ainda, a fazer gestão direta com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que o governo federal lance um programa nacional de capacitação profissional e destine mais recursos do FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador) para essa finalidade. Já existe uma parceria entre o Sistema “S” e o governo federal para formação dos recrutas das Forças Armadas, exemplificou Meneghelli. “Nesse ano estamos qualificando 30 mil recrutas e para o ano que vem, a meta é atingir 100 mil.”

Cozinha industrial – Raufi Marques e Alfredo Fernandes discutiram também a implantação de uma cozinha industrial na Ceasa (Central de Abastecimento). O Sesi tem know how no aproveitamento total de alimentos, produzindo pratos altamente nutritivos a partir de cascas de frutas e verduras. “A idéia é processar as sobras da Ceasa e destinar esses alimentos para entidades assistenciais”, revelou.

Meneghelli veio a Mato Grosso do Sul participar de solenidades de formatura de jovens e adultos nos cursos de alfabetização do Sesi em Três Lagoas e Corumbá. Só nesses dois eventos, 130 pessoas estão recebendo os certificados de conclusão de curso. Em todo o país, a meta do Sesi é alfabetizar 2 milhões de pessoas, em parceria com o Ministério da Educação.
Comentários
Veja Também
MBO_SEGURANÇA_300
LOJA_02
LIMIT ACADEMIA_BOTTON
Últimas Notícias
  
FARMÁCIA_CENTROFARMA_300
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.