Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 26 de setembro de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Governo do Estado já construiu 7.574 casas em Campo Grande

8 Jun 2010 - 14h33Por Notícias.MS

O governador André Puccinelli entregou hoje (08) mais 107 unidades habitacionais no Jardim Noroeste, que totaliza 7.574 casas construídas pelo Governo do Estado somente na Capital. As unidades entregues nesta terça-feira foram viabilizadas por meio do Programa de Subsídio à Habitação de Interesse Social (PSH 2009).

 

 

Foram investidos mais de R$ 1,6 milhões numa parceria entre governo federal, estadual e prefeitura de Campo Grande que também disponibilizou os terrenos para a construção das casas. “Casa quando está construindo gera emprego e quando entregue dá um teto digno para as famílias. Já alcançamos a construção de 43 mil unidades habitacionais entre entregues, em execução e com contratos assinados”, informou o governador André Puccinelli.

 

 

O governador lembrou também da transformação do Jardim Noroeste que por muito tempo foi uma região de invasões. “Depois da invasão conseguimos regularizar a situação de muitas famílias. Percebemos ao longo dos anos uma mudança grande neste bairro e o progresso chega com segurança para as famílias”, disse.

 

 

Situação que também foi lembrada pelo presidente da comunidade organizada em defesa da moradia nas ocupações irregulares do Estado, Valdo Pereira de Souza. Ele conta que o bairro era um dos bairros mais antigos de Campo Grande e que ainda tinha o problema de invasões de lotes. “Hoje estamos vendo de forma progressiva toda a mudança nesta região que antes era um ocioso e que agora traz dignidade para as famílias”, comentou.

 

 

De acordo com o diretor presidente da Empresa Municipal de Habitação (Emha), Paulo Matos, a parceria com o governo do Estado tem resultado inúmeras casas em Campo Grande. “O Estado tem aportado recursos e com a contrapartida da prefeitura que disponibiliza também terrenos estamos resolvendo o déficit habitacional da cidade”, afirmou.

 

 

“Com a entrega destas casas, a minha vida vai mudar 100%”, resumiu a doméstica, Aparecida Esteca, de 36 anos. Mãe de três filhas e “chefe da casa”, Aparecida disse que se sente aliviada em saber que tem uma casa com dinheiro que não vai mais para pagar aluguel, mas que será para investir na melhoria da casa nova. “Para quem já chegou a pagar R$ 250 de aluguel, esta casa significa tudo, um lar para minha família”, ressaltou.

 

 

        

           

Renato Nara Santana de 32 anos e a esposa, Vânia de 30 anos receberam as chaves da casa própria das mãos do governador André Puccinelli. Trabalhando como caseiro, Renato disse que tem na profissão de costureira da esposa uma ajuda para pagar as contas de casa. “Hoje é um dia especial para minha família. Pavaga R$ 250 de aluguel, além das despesas com luz, água e comida. O dinheiro que eu recebo não dá para pagar todas essas contas e com a economia no pagamento do aluguel será muito melhor”, afirmou.

 

 

As unidades habitacionais possuem 32 metros quadrados de área construída cada uma, com dois quartos, sala/cozinha e banheiro. 

        

Participaram do evento, os deputados estaduais, Carlos Marum e Paulo Correia, além do vereador de Campo Grande, Vanderlei Cabeludo.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

VEICULO ROUBADO
Carro roubado é arrastado por onibus; suspeito ficou gravemente ferido
AMEAÇAS
Marilia Mendonça Denuncia ameaças após aderir à campanha contra Bolsonaro
FATALIDADE
Adolescente sai para jogar futebol com amigos e morre afogado
NOVELA GLOBAL
Em 'Segundo sol', Maura fala sobre transar com homem: 'Detestei'
CORRIDA SUCESSÓRIA
Ibope mostra Bolsonaro estagnado com 28% e Haddad cresce 3 pontos e vai a 22%
FUTEBOL
Pela sexta vez Marta é eleita a melhor jogadora do mundo
FUGA FRACASSADA
Tentativa de fuga termina com agente de cadeia e detentos feridos
ASSASSINATO
Por quebrar "pacto de sangue" homem é assassinado juntamente com amigo
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Mistérios sobre passado de Karola começam a ser revelados
CORRIDA PRESIDENCIAL
Haddad continua disparada em pesquisa do BTG e se consolida no 2º turno