Menu
SADER_FULL
segunda, 22 de abril de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Governo do Estado eleva em 68% os gastos com publicidade

24 Jun 2010 - 13h35Por Mídia Max
Restam dez dias para acabar junho e o gasto do governo de Mato Grosso do Sul com a publicidade já supera o volume consumido nos 31 dias de maio passado, informa o Portal da Transparência, publicado numa janela do site do governo estadual.

Em maio passado, o Midiamax noticiou que governo pagou R$ 2.819.708,71 às agências de propaganda e publicidade que prestam serviço ao governo quantia maior que a aplicada no mesmo período, por exemplo, na assistência social, cultura, esportes, meio ambiente, planejamento, ciência e tecnologia.

De acordo com o Portal, de primeiro de junho até o dia 18, o governo do Estado já destinou R$ 2.843.993,58 para exibir seu feito por meio da propaganda, o que representa um acréscimo de 68,09% se comparado ao dinheiro consumido do mês de maio. Fracionando a conta pode-se afirmar que os gastos diários com a publicidade do governo beiram a casa dos R$ 157 mil diários.

Os pagamentos, neste mês, concentram-se por meio da agência Remat Marketing & Propaganda Ltda, no valor de R$ 938 mil. Mês passado, Art & Traço e Slogan Publicidade encabeçaram a lista das agências que efetuaram os pagamentos.

Num simples comparativo acerca dos gastos com a publicidade, é possível notar, conforme os dados divulgados pelo Portal da Transparência do governo, que a Defensoria Pública Estadual captou menos da metade do volume do recurso destinado às agências de propaganda.

O governo estadual, segundo o Portal, investiu neste junho R$ 1.105.142,08 na Defensoria – órgão que cuida de causas judiciais de quem não tem recurso para contratar um advogado -, algo em torno de R$ 1,7 milhão a menos do que a verba paga a publicidade e propaganda.

Ainda de acordo com o Portal, nesses 18 dias de junho, o governo arrecadou R$ 169.267.238,08. Mês passado, a arrecadou estadual alcançou 401.615.809,01.

Propaganda antecipada

A publicidade e a propaganda do governo estadual têm sido questionadas já desde a segunda metade do ano passado por meio de debates nas sessões da Assembleia Legislativa.

O deputado estadual Paulo Duarte, do PT, já moveu ações no MPF (Ministério Público Federal) e no TRE (Tribunal Regional Eleitoral) questionando algumas propagandas estaduais.

Numa das investidas do parlamentar, ele contesta a publicação de agendas confeccionadas pelo Detran, distribuída em escolas. Duas são as questões levantadas do deputado: o valor pago pelo material didático, e a aparição de uma fotografia do governador André Puccinelli, do PMDB, já nas primeiras páginas do livrinho.

Para Duarte, a peça publicitária seria um meio de o governador antecipar sua campanha publicitária. O caso é investigado. Já os parlamentares da base de sustentação do governo Puccinelli, negam a suspeita.

Pela regra eleitoral, a campanha é permitida a partir do dia 6 do mês que vem.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CENSURADO
Video com ataques de Olavo a Militares é excluido das Redes de Bolsonaro
DOENÇA DO SÉCULO
Yasmim Gabrielle, do ‘Programa Raul Gil’, se suicida após depressão
FATALIDADE
Bebê morre após ser esquecida pelo pai por três horas dentro do carro
IRRESPONSABILIDADE
Bebê de 1 aninho entra em coma alcoólico após pai dar cachaça com refrigerante
BONITO - MS - DICA AGÊNCIA ECO TOUR
Confira agora os 5 passeios mais românticos de Bonito (MS)
EM ÁUDIO VAZADO
Em áudio, Onyx diz que governo deu 'uma trava na Petrobras', caminhoneiros podem ficar sossegados
EMOÇÃO E RECOMEÇO
Mãe e filho se reencontram em hospital após desabamento de prédios
ACIDENTE FATAL
Três morrem em explosão provocada por vazamento de botijão de gás
NOVA PARALISAÇÃO
Ala dividida de caminhoneiros falam em greve no próximo dia 29 em todo o Brasil
CAMPO BELO RESORT - PARAÍSO É AQUI
Com noite Árabe e Italiana, PACOTE do dia 03 a 05 de maio já disponível para o Campo Belo Resort